header top bar

section content

SERÁ SURTO? Cajazeiras já tem 10 casos de tuberculose confirmados somente este ano; Coordenador ensina como descobrir a doença e procurar ajuda imediata. VEJA O VÍDEO!

O acompanhamento garante prevenção e tratamento com todos os exames e medicação necessários ao paciente. Disse ele.

Por Jocivan Pinheiro

10/06/2016 às 04h45 • atualizado em 10/06/2016 às 06h35

Após o diretor do Presídio Regional de Cajazeiras revelar que pelo menos quatro detentos que cumprem pena naquela unidade prisional sofrem de tuberculose, a reportagem da TV Diário do Sertão procurou a Secretaria de Saúde do Município para saber dos indicadores relacionados a essa doença. E de acordo com o coordenador do Programa de Hanseníase e Tuberculose, João Matias, Cajazeiras tem cerca de 10 casos que estão sendo monitorados.

João Matias, coordenador do Programa de Hanseníase e Tuberculose

João Matias, coordenador do Programa de Hanseníase e Tuberculose da Prefeitura de Cajazeiras

João Matias garante que os casos suspeitos e os confirmados de tuberculose estão sendo devidamente acompanhados pelo programa que ele coordena e que foi criado pela Secretaria de Saúde justamente por causa dos índices altos da doença na região. O acompanhamento garante prevenção e tratamento com todos os exames e medicação necessários.

VEJA MAIS

» Sobe para 4 presidiários de Cajazeiras com tuberculose

» Presidiário é internado no Hospital Regional de Cajazeiras com suspeita de tuberculose

O coordenador explica que a pessoa que apresentar tosse de duas a três semanas, entra no grupo de Sintomáticos Respiratórios e por isso já deve procurar a Unidade Básica de Saúde.

É preciso também iniciar os cuidados em relação a quem mora na mesma residência de um doente (ou suspeito) para evitar a transmissão.

“Ele [o doente] já iniciando o tratamento o quanto antes, diminui a chance da transmissibilidade da doença para os contatos intradomiciliares e outras pessoas que convivam com esse usuário”, alerta João Matias.

Sobre os detentos do Presídio Regional que estão acometidos da doença, o coordenador afirma que a Secretaria de Saúde do Município também ajuda a equipe médica daquela unidade prisional no tratamento e prevenção.

“Existe uma boa relação do Presídio com a Secretaria de Saúde, na qual a gente facilita a questão do prontuário, da medicação, tudo, porque não é uma questão só de facilitar, é a questão da acessibilidade que faz parte dos processos de trabalho do SUS.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ENTREVISTA

VÍDEO: Programa Psicologia no Ar recebe professor doutor de Cajazeiras pra falar sobre Psicologia Social

INTERVIEW

VÍDEO: Autor do filme “Memória Bendita” fala sobre os desafios de promover cultura na região de Sousa

EM CONTINÊNCIA AO SENHOR JESUS

Programa: Em Continência ao Senhor Jesus com os membros da Igreja Fonte de Água da Vida

MARIA CALADO NA TV

Maria Calado na TV recebe diretamente do Rio Grande do Norte, Fábio Carvalho; CONFIRA!