header top bar

section content

Cristina Moura

Jornalista e Professora cajazeirense, radicada no estado do Espírito Santo.

Email: moura.cristina@gmail.com

| 15/07/2021 20:13

Neuras Juninas

Por Cristina Moura A maioria que leciona Língua Portuguesa é um pouco obsessiva com correção ortográfica. Mas vamos entender o que chamo de obsessão numa pessoa: alto grau de perturbação psíquica, ao ver que a realidade entra em choque com os desejos. Isso, em linhas gerais, é o que os psicanalistas explicam. Em estado mais […]


| 08/07/2021 21:00

Hora de pintar

Por Cristina Moura Uma das melhores ordens que eu cumpria na minha infância e assim perpetua, eu comigo mesma, é a que a professora dizia: hora de pintar. As portas do paraíso se abriam: meu estojo com lápis de cores. O caderno de desenho me olhando, pedindo para ser preenchido com alguma coisa, algum tracinho […]


| 04/07/2021 18:05

Pita na fazenda

Por Cristina Moura Conheci Pita na minha infância. Era meu desafeto porque, já contei noutra crônica, representava o jacaré no parque de diversões. Vituriano, o rival político, era o leão. Minha mãe não deixou que eu andasse nos dois brinquedos. Disse que eram muito perigosos e que eu não poderia ir sozinha. Também não conseguimos […]


| 31/05/2021 09:31

Fontes ricas e silenciosas

Por Cristina Moura Cemitérios são excelentes locais para estudarmos História. São fontes de pesquisa constantes, pois recebem, quase todos os dias, moradores permanentes de seus túmulos. Não quero aqui estabelecer uma relação gótica com meu querido leitor. Nem quero incentivar lembranças dolorosas. É, sim, natural lembrarmos. Mas é tão natural também saber que todos iremos, […]


| 20/05/2021 17:05

Poesia cristalina

Por Cristina Moura Há quem diga que poesia é um conjunto de palavras que se estendem em versos. Frases que não são propriamente frases, mas se comportam em linhas separadas. Há quem diga que todas as linhas juntas, em pequenos pedaços, formam estrofes. Tudo bem. Há espaço para pensar, discutir, ponderar, refletir. Há tempo para […]


| 08/05/2021 00:00

Meus apelidos

Por Cristina Moura Na minha família, existe um jeito especial de cada um se dirigir a mim. Em casa, não tenho apelido. Sou Cristina. Nasci como retrato físico fiel do meu pai, que tinha a cor da pele semelhante. Na família paterna, Titia Fransquinha gostava de me chamar de Nêga. Tia Netinha ainda chama. Acho […]


| 02/05/2021 23:42

Conversa comprida

Por Cristina Moura Há alguns tipos de conversa: a amigável, a brincalhona, a doutrinadora, a sorrateira, a sedutora. São tantos tipos, que nem cabem aqui nesta crônica de poucas linhas. A mais pegajosa de todas é a comprida. Pega, gruda, nodoa; se demorar mais, absorve. Uma conversa comprida é aquela que não é longa, em […]


| 17/04/2021 21:29

Belezuras e caracóis

Por Cristina Moura Teclado: o fazedor de receitas mirabolantes ou o representante da evolução tecnológica da palavra escrita. O autor do resumo do resumo da letra cursiva ou o vendedor das facilidades. Teclado, eis-me aqui. Eu poderia definir ou classificar minhas confabulações sobre o rei das teclas. Mas, minhas definições, às vezes, beiram o abstrato […]


| 16/04/2021 18:06

Belezuras e caracóis

Por Cristina Moura Teclado: o fazedor de receitas mirabolantes ou o representante da evolução tecnológica da palavra escrita. O autor do resumo do resumo da letra cursiva ou o vendedor das facilidades. Teclado, eis-me aqui. Eu poderia definir ou classificar minhas confabulações sobre o rei das teclas. Mas, minhas definições, às vezes, beiram o abstrato […]


| 03/04/2021 17:01

Poemas ambulantes

Por Cristina Moura Neste período de cheia da Lua, ando à caça de poemas ambulantes. Meu bodoque de caçadora, em tempos não tão dóceis para todo o planeta, encontra por ali um pardal catando folículos de alimento. Olho bem, mas pareço não entender os detalhes. Sim. É por isso que me conformo com as exclamações […]

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!