header top bar

Francisco Cartaxo

section content

A pandemia e o aniversário da ACAL

11/05/2020 às 08h24

Coluna de Francisco Cartaxo

Maio é mês das noivas, dizem. Mês de festa, de comemorações. Mês do aniversário da ACAL. No dia 24 de maio de 2019, trinta e oito cajazeirenses e cajazeirados instalamos a Academia Cajazeirense de Artes e Letras, em solenidade artística e literária, no Cajazeiras Tênis Clube. Um marco na história cultural de nossa terra, que concretizou um sonho de muitas gerações. Encontro de efusivos abraços e beijos e muita alegria! Mal trocamos a roupa festiva, guardamos a medalha e nos revimos em fotos históricas, bem não fizemos isso, já começamos a planejar novos eventos que integre mais ainda a sociedade cajazeirense a nossos rituais.

A festa de 24 de maio, deste ano, está prevista no Estatuto Social, com presença obrigatória dos sócios efetivos da ACAL. A pandemia do coronavírus, no entanto, impôs suas condições. Impossível nos reunirmos em sessão solene daqui a duas semanas. O mundo inteiro sofre as agruras causadas pelo poderoso invisível, que nos tranca em casa, usando a tática do confinamento, como se estivéssemos em guerra mundial.

Então quando faremos a festa?

Difícil marcar nova data. A crise do coronavírus se acha em plena evolução, o planeta com milhões de contaminados. A economia desestruturada. Em todos os continentes são quase 270 mil mortos, mais de 70 mil nos Estados Unidos, o primeiro país nesse macabro ranking. Na Europa, onde o avanço do vírus dá sinais de declínio, Inglaterra, Itália, Espanha e França registram acima de 25 mil mortos, em cada um deles. O Brasil está longe desse patamar fúnebre. Mesmo assim, beiramos 9 mil mortes reconhecidas pelas autoridades de saúde. O Nordeste passa de 2.400, a Paraíba perto de 100 mortes. Infelizmente, há sinais de rápida aceleração da covid-19 rumo ao interior. Com muita apreensão, Cajazeiras constata isso.

E o futuro?

O futuro é incerto. Enquanto o vírus mortal se espalha em todos os rincões do planeta e invade as casas dos mais vulneráveis, cientistas buscam meios de barrá-lo. Impossível eliminar o destruidor. Aí estão as espécies de vírus gripais. Quando teremos vacina certeira? Ninguém arrisca prever. Por isso, é bom ouvir a ciência. O médico Miguel Nicolelis, neurocientista, coordenador do Comitê Científico do Consórcio Nordeste, criado para assessorar os estados nordestinos nessa crise da covid-19, vaticina que o Brasil poderá ser “o novo epicentro da crise mundial”, assumindo o desonroso lugar, hoje ocupado pelos Estados Unidos. Valha-nos Deus!

O Brasil exibe notória e forte desigualdade econômica e social. Sem paralelo, por exemplo, com a Inglaterra, França e Itália. Esse fato incontestável, aumenta o poder letal do coronavírus, dada a fragilidade imunológica dos mais pobres. Além disso, lembra Nicolelis: “O Brasil é o único País que enfrenta uma crise política, institucional no meio da pandemia, (…) é a interferência do pandemônio na pandemia. E esse pandemônio gera mortes.”

Diante de tantas incertezas, adiamos a festa da ACAL. Confinados, faremos um encontro virtual, usando recursos tecnológicos da comunicação à distância, reuniremos confrades e confreiras. O sonho comemorativo, com expansivos abraços e beijos e muita alegria, fica transferido para quando houver proteção à saúde de todos. Aí sim, teremos o lançamento da Revista da ACAL, de livros de imortais e colaboradores, intensa programação cultural e artística, e outros traços de igual sentido duradouro.

Por enquanto, ficamos em casa.

Presidente da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL

Francisco Cartaxo

Francisco Cartaxo

Francisco Sales Cartaxo Rolim foi secretário de planejamento do governo de Ivan Bichara, secretário-adjunto da fazenda de Pernambuco – governo de Miguel Arraes. É escritor, filiado à UBE/PE e membro-fundador da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL. Autor de, entre outros livros, Guerra ao fanatismo: a diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero.

Contato: cartaxorolim@gmail.com

REMÉDIO POLÊMICO

VÍDEO: Cajazeiras registra mais um óbito por Covid-19 e prefeitura disponibiliza Ivermectina a pacientes

NOVAS MEDIDAS

VÍDEO: Prefeito explica decisão de decretar lockdown e toque de recolher na cidade de Conceição

DURANTE PANDEMIA

VÍDEO: Promotor fala como o Ministério Público pode evitar ou punir crime eleitoral em eleição atípica

'ERRO HISTÓRICO'

VÍDEO: Povo desrespeita isolamento porque Brasil não investe em educação, diz empresário de Cajazeiras

Francisco Cartaxo

Francisco Cartaxo

Francisco Sales Cartaxo Rolim foi secretário de planejamento do governo de Ivan Bichara, secretário-adjunto da fazenda de Pernambuco – governo de Miguel Arraes. É escritor, filiado à UBE/PE e membro-fundador da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL. Autor de, entre outros livros, Guerra ao fanatismo: a diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero.

Contato: cartaxorolim@gmail.com

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!