header top bar

Francisco Cartaxo

section content

Centenário de monsenhor Luiz Gualberto

11/10/2021 às 18h58

Coluna de Francisco Frassales Cartaxo. (Foto: reprodução/portal Coisas de Cajazeiras).

Por Francisco Frassales Cartaxo

O centenário de nascimento de Luiz Gualberto de Andrade (1921-2007), na próxima quinta-feira, dia 14, está sendo comemorado com reverência e entusiasmo pela comunidade sertaneja. O ilustre sacerdote é patrono da Academia Cajazeirense de Artes e Letras (ACAL), Cadeira 28, ocupada pelo padre Francivaldo do Nascimento Albuquerque, que preside a Comissão encarregada de organizar os festejos. Em parceria com a diocese, prefeitura e câmara municipal de Cajazeiras, Assembleia Legislativa da Paraíba, FAFIC e outras entidades foi preparada significativa programação. A mídia cajazeirense dá amplitude aos eventos.

Luiz Gualberto nasceu para ser padre e educador. Adolescente, ingressou no Seminário Arquidiocesano de João Pessoa, onde, após 12 anos,obteve graduação em filosofia e teologia, ordenando-se em 1949. Mais tarde, fez pós-graduação na Bélgica e obteve licenciatura em filosofia pela Universidade Católica de Pernambuco. Padre Gualberto foi pároco em Patos, Itaporanga, São José de Piranhas, Cajazeiras.

Mas foi, sobretudo, como professor e gestor educacionalque Luiz Gualbertoconstruiu sua singularidade. Transmitiu conhecimentos à juventude da região de Itaporanga, Pombal, São José de Piranhas, Cajazeiras, tendo ministrado aulas, entre outras disciplinas, de filosofia, psicologia, sociologia.Aqueles que o conheceram de perto, e tiveram com ele convivência no dia a dia, dão o testemunho de sua seriedade e competência, aliada ànotável simplicidade, qualidades extraordinárias demonstradas no exercício de sua missão na diocese de Cajazeiras. Não tive esse privilégio. Lamento.

A esse respeito, é justo realçar que padre Gualberto foi o primeiro reitor do Seminário Nossa Senhora da Assunção, diretor da Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Cajazeiras, o primeiro diretor do campus da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), criado pelo arrojo do professor Lynaldo Cavalcanti, então reitor daquela instituição de ensino superior.

O ilustre cajazeirado, Luiz Gualberto de Andrade, portanto, desenvolveu, em sua vida terrena, atividades que guardamperfeita sintonia com a formação histórica de Cajazeiras, cujas origens estão fincadas no ensino, desde a ação pioneira do padre Inácio de Sousa Rolim. Esta foi, aliás, a razão fundamental da escolha do monsenhor Luiz Gualberto de Andradepara figurarna galeriados patronos da ACAL.Honra enormepara nossa instituição cultural.

Presidente da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL

Francisco Cartaxo

Francisco Cartaxo

Francisco Sales Cartaxo Rolim foi secretário de planejamento do governo de Ivan Bichara, secretário-adjunto da fazenda de Pernambuco – governo de Miguel Arraes. É escritor, filiado à UBE/PE e membro-fundador da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL. Autor de, entre outros livros, Guerra ao fanatismo: a diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero.

Contato: cartaxorolim@gmail.com

LIÇÃO DE VIDA

VÍDEO: MC cajazeirense passa dificuldades por causa da pandemia e vende água no semáforo

RELIGIÃO

VÍDEO: Mestre em Ciências da Religião conta detalhes da vinda de Frei Damião ao Brasil e lembra 1ª missa

EM SÃO JOSÉ DE PIRANHAS

VÍDEO: Bolsonaro é recebido por apoiadores e entrega trecho final do Eixo Norte da transposição

SITUAÇÃO DELICADA

VÍDEO: Em Pombal, mulher sem comida em casa e com risco de perder a visão pede ajuda para tratamento

Francisco Cartaxo

Francisco Cartaxo

Francisco Sales Cartaxo Rolim foi secretário de planejamento do governo de Ivan Bichara, secretário-adjunto da fazenda de Pernambuco – governo de Miguel Arraes. É escritor, filiado à UBE/PE e membro-fundador da Academia Cajazeirense de Artes e Letras – ACAL. Autor de, entre outros livros, Guerra ao fanatismo: a diocese de Cajazeiras no cerco ao padre Cícero.

Contato: cartaxorolim@gmail.com

Recomendado pelo Google: