header top bar

Fernando Caldeira

section content

Fala sério!

24/05/2019 às 09h18

Os governadores presentes repetiram que atuam para convencer deputados do PSDB e de partidos de suas bases a apoiarem a reforma para os três níveis de governo.

Existem verdades nessa his(es)tória da reforma da previdência que nem lhe contam e querem esconder de você. Quem o diz é a professora Denise Lobato Gentil, do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Bacharel em Economia, Mestre em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido e Doutora em Economia.
Segundo a professora, hoje no Brasil, são aproximadamente 30 milhões de beneficiados com aposentadoria ou pensão sendo que, destes, 23 milhões recebem apenas um salário mínimo.

Denise Lobato aponta também que entre 2005 e 2015, a previdência obteve um superávit de 953 bilhões de reais que foram desviados da Seguridade Social.

Em suas contas, grandes empresários devem à previdência algo em torno de 427 bilhões de reais.
Ainda de acordo com a professora Denise, somente no ano passado o Governo Federal concedeu 283 bilhões de reais de isenção fiscal à grandes empresas. E nesse mesmo caminho a União concedeu à grandes empresas petrolíferas desoneração de 1 trilhão de reais até 2040.

Mas tem mais: Denise Lobato Gentil afirma ainda que a sonegação previdenciária no Brasil chega a incríveis 500 bilhões de reais ao ano.( https://www.youtube.com/watch?v=JFEI9waglF4&t=744s)
Pois bem, somem tudo isso e vejam se a previdência é deficitária como dizem Paulo Guedes e suas filiais.
Se querem combater as desigualdades do regime previdenciário e elas efetivamente existem, mexam com os “marajás” e não com os pobres. São eles e não estes os causadores delas.

A propósito, sobre isso escreve o professor Pedro Rossi, da Universidade Estadual de Campinas que “o debate em torno da “reforma” da Previdência no país está “muito nebuloso” quando trata da relação entre gasto público e desigualdade. Em audiência da comissão especial da Câmara que trata da Proposta de Emenda à Constituição que dispõe sobre a reforma, a PEC 6, Rossi alertou que, ao contrário do que prega o governo – sobre o pretexto de combater privilégios e desigualdades – a reforma da Previdência atinge em cheio a renda dos mais pobres – retirando-lhes por ano R$ 17 bilhões do bolso e também da economia – e não mexe em nada com o 1% mais rico da população.” (https://www.redebrasilatual.com.br/politica/2019/05/reforma-da-previdencia-nebulosa-tira-r-17-bilhoes-da-economia-diz-professor/)

É assim que querem melhorar o Brasil?
Fala sério!

*Neste domingo (26) o deputado Júnior Araújo (Avante) será o entrevistado do programa TREM DAS ONZE!

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br

Recomendado para você pelo google

PROTESTO

VÍDEO: populares vão às ruas para protestar contra a reforma da Previdência na cidade de Patos

VEJA VÍDEO

Padre de Cajazeiras revela curiosidades sobre o santo casamenteiro: “Faz milagre a pessoa encalhada”

SAÚDE

Dieta milagrosa? Médico diz que a compulsão e afetividade pela comida são perigosas para o emagrecimento

VÍDEO

Mototaxista reclama de multa cobrada na Zona Azul da cidade de Cajazeiras; “Está errado”

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br