header top bar

Rodrigo Limeira

section content

Impacto do El Niño esse ano será nos grandes açudes

20/03/2019 às 10h06 • atualizado em 20/03/2019 às 10h07

Coluna de Rodrigo Limeira

Em previsão já realizada no mês de janeiro pelo físico,meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, um dos principais impactos do atual fenômeno El Niño esse ano será nos grandes reservatórios de água do semiárido do Estado. Açudes como Coremas, Mãe d’ Água, Engenheiro Ávidos, Lagoa do Arroz e Açude Cachoeira dos Cegos terão recargas em 2019 menores que ano passado. De uma forma geral muitos mananciais que abastecem cidades do interior da Paraíba não terão boas recargas no ano atual, pontua o pesquisador.

Com o El Niño a chuva cai de forma muito irregular,e muitos riachos e rios que escorrem para dentro de grandes reservatórios acabam liberando pouca água ao longo do período chuvoso afirma Rodrigo, essa é uma constatação científica e que deve confirmar essa minha previsão, que é a mais importante que faço todos os anos desde que teve início a atual crise hídrica que acomete o semiárido do Nordeste.

O estudioso mais uma vez reforça a importância da população do semiárido da Paraíba poupar água, para evitar o desperdício para que a mesma continue saindo das torneiras pelo menos até o próximo período chuvoso.

O pesquisador indica que as condições do Oceano Atlântico Sul na altura da costa leste do Nordeste, e do Atlântico Norte estão boas esse ano, mas na região central do Oceano Pacífico Equatorial permanece a condição de El Niño com aquecimento atual da ordem de 0,93ºC acima da média.

Dessa forma, as chuvas na sua previsão vão variar de normais a abaixo da média no semiárido paraibano em 2019. O estudioso afirma que a conjuntura indica a possibilidade de chuva um pouco abaixo da média em Patos em 2019. Em Santa Teresinha a chuva ficará abaixo da média anual que é de 871 mm.

Já em outros locais poderá ficar próximo à média, daí a variação indicada esse ano nas chuvas no interior da Paraíba, chuvas variando entre a média e valores abaixo da média no Cariri, Sertão e Alto sertão.

O estudioso ainda prevê chuvas isoladas entre os dias 15 e 20 de março no semiárido paraibano, e chuvas esparsas entre os dias 20 de março e 10 de abril.

Rodrigo Limeira

Rodrigo Limeira

Rodrigo Cézar Limeira
Formado em Física pela Faculdade Chaffic – São Paulo/SP – 2012;
Formado em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2006;
Mestre em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2008;
Físico do NEPEN (Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste) de Julho de 2012 à Março de 2015, Editor do Portal Ciência em Foco: (www.cienciaemfoco.com) e Consultor de Clima da Empresa Federal Energia desde Dezembro de 2015.

GD ETERNO

VÍDEO: Em discurso emocionante, pai de Gabriel Diniz diz que cantor paraibano ‘’vive ao lado de Deus’’

AÇÃO CRIMINOSA

VÍDEO: bandidos fortemente armados explodem duas agências bancárias na cidade de Nazarezinho

DISSEMINAÇÃO

VÍDEO: Cajazeiras registra mais 12 casos de Covid-19 e chega a 75; média é de 2 casos por dia

REFORÇO NO SERTÃO

VÍDEO: Secretário de Saúde fala sobre novos leitos de UTI com respiradores para Patos e Cajazeiras

Rodrigo Limeira

Rodrigo Limeira

Rodrigo Cézar Limeira
Formado em Física pela Faculdade Chaffic – São Paulo/SP – 2012;
Formado em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2006;
Mestre em Meteorologia pela UFCG – C. Grande/PB – 2008;
Físico do NEPEN (Núcleo de Estudos e Pesquisas do Nordeste) de Julho de 2012 à Março de 2015, Editor do Portal Ciência em Foco: (www.cienciaemfoco.com) e Consultor de Clima da Empresa Federal Energia desde Dezembro de 2015.

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!