header top bar

Fernando Caldeira

section content

Xamegão Regional

25/05/2017 às 19h13

Ano após ano tenho me dedicado, no tempo dos festejos juninos, a alertar os gestores municipais para a contenção de gastos com essas realizações.

Não que as prefeituras não devam incentivar e até promover a cultura popular que se expressa nesses folguedos. Longe de mim ser contra o ‘são joão’, como costumeiramente os tratamos. Não é isso!

As prefeituras devem sim estimular a tradição junina. Porém, como festa junina de verdade e, por isso mesmo, sem aqueles gastos astronômicos com enormes bandas que além de não estarem alinhadas à tradição da festa, retiram da circulação do município e da região, vultuosas quantias de dinheiro!

Ora meus amigos, são joão é forró, é xote, é baião, é milho, é pamonha, é quadrilha junina, é rojão, é fogueira…, são joão é o jeito simples, animado e fervoroso de saudar São João, São Pedro e Santo Antônio.

Festa junina é sanfona, é pandeiro, é zabumba, é arrasta pé, é amendoim torrado, cozido, é pinhão, é quentão…, é sobretudo a nossa legítima tradição. Que, diga-se de passagem, nada, mas nada tem a ver com o show business que cidades como Caruaru (PE) e Campina Grande (PB) realizam.

Até porque, na minha visão, o dinheiro público tem que ser utilizado com prioridades. E nesse sentido, antes, anos luz antes de ‘são joão’, o dinheiro do povo tem que a ele retornar em forma de infraestrutura, saúde e educação de qualidades, principalmente.

O que não dá para concordar é que um prefeito gaste milhares de reais em contratação de bandas para uma festa de 2, 3, 4, …, 7 dias, e o restante do ano falte remédio nos PSF´s, a merenda escolar seja fraca, a iluminação e a limpeza públicas deficientes, etc, etc, etc…

Um exemplo de ‘são joão’ tradição barato e de sucesso é o de Bananeiras (PB). Lá não entra Mastruz com Tapioca, nem Limão com Azeite, nem Cavaleiros do Apocalipse, nem Aviões de qualquer espécie. No ‘são joão’ sucesso e tradicional de Bananeiras o que entra é o forró pé de serra, é a quadrilha junina, são as comidas típicas.
Bom, bonito e barato, o ‘são joão’ de lá é auto sustentável e, ao invés de exportar seus reais enfraquecendo sua economia local e regional, conquista-os cada vez mais com a crescente procura de turistas que, a cada ano, buscam o verdadeiro ‘são joão’!

S O L T A S

*O ainda presidente Temer (PMDB) é um cadáver político insepulto no Palácio do Planalto; um zumbi sem rumo, sem prumo e cada vez mais sem aliados;

*O ainda senador Aécio Neves (PSDB) é, igualmente a Temer, um cadáver político a procura de salvação. Nem mesmo seu amigo Cássio Cunha Lima (PSDB) se encosta mais perto dele;

*Conclusão da dragagem do porto de Cabedelo, conclusão do eixo norte da transposição, ramal da ferrovia transnordestina, zona franca do semiárido…, onde estão nossos deputados federais e senadores?;

*Maranhão, Lira e Cássio estão solidários com Temer.

*O deputado Jeová Campos (PSB) já sabe que não terá apoio da ex-prefeita de Cajazeiras, Denise Oliveira (PSB). Por um motivo simples: ela também é candidata a deputada!;

*Neste domingo (28) o TREM DAS ONZE entrevista o líder do prefeito na Câmara Municipal de Cajazeiras, Jucinério Félix (PPS).

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br

"AQUI NESSA MESA DE BAR"

VÍDEO: Homenagem a garçons de Cajazeiras no programa Xeque-Mate tem música, drinks e boas histórias

SAÚDE E BEM-ESTAR

VÍDEO: Sangramento nas regiões do reto e do ânus pode ser sinal de doença grave, avisa médico

APOIO DE CRAQUE

VÍDEO: Embaixador do Campeonato Paraibano, Hulk diz que está à disposição para ajudar clubes do Sertão

COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS

VÍDEO: Para advogado da OAB de Cajazeiras, investir em presídios e não em escolas é ‘enxugar gelo’

Fernando Caldeira

Fernando Caldeira

Jornalista profissional em diversas emissoras de rádio e jornais da Paraíba, atualmente é articulista do Gazeta do Alto Piranhas (Cajazeiras), produtor e apresentador do programa Trem das Onze, apresentado aos domingos pela Rádio Alto Piranhas, colunista dos portais diariodosertão, politicapb, obeabadosertao, canalnoite, e mantém na internet o portal www.fernandocaldeira.com.br

Contato: caldeira.fernando@bol.com.br