header top bar

section content

Deficiente visual é espancado por colega dentro da própria escola

A senhora Luciana da Silva Rangel denunciou que seu filho, deficiente visual e estudante da nona série do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, foi espancado dentro da própria escola por um colega.

Por

07/12/2007 às 17h55

A comerciante Luciana da Silva Rangel denunciou, ontem, 6, ao programa Boca Quente, da Difusora Rádio Cajazeiras, que seu filho, deficiente visual e estudante da nona série do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, foi espancado dentro da própria escola por um colega.

"Coloquei meu filho no colégio Nossa Senhora de Lourdes por ter sempre informações que era um colégio íntegro e capacitado” afirmou a mãe do adolescente de 15 anos.

O espacamento teria ocorrido nas dependências do educandário na última quarta-feira, quando o garoto foi espancado por um aluno da mesma idade. A mãe não entende porque o colégio não a comunicou sobre o fato. Ela só soube do episódio às 11h através de terceiros.

O Caso já foi denunciado ao Conselho Tutelar dos Direitos da Criança e do Adolescente, a Delegacia Civil e a Promotoria da Infância e Juventude. 

Irmã Olívia, coordenadora do Colégio Nossa Senhora de Lourdes, que é administrado por freiras da Diocese de Cajazeiras, não foi localizada para falar sobre o assunto.

Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO com informações de OLIVAN PEREIRA

Tags:
GOLAÇO

VÍDEO: Sousa vence São Paulo Crystal no Marizão e garante classificação antecipada na série D

INVESTIGAÇÃO

VÍDEO: Cajazeirense de 75 anos é morto com 7 facadas dentro de apartamento na zona sul de João Pessoa

RETA FINAL

VÍDEO: Talentos do Sertão 2022 encerra fase de eliminação e inicia semifinal no Teatro Ica em Cajazeiras

LAMENTÁVEL

VÍDEO: Agricultor de 61 anos morre em acidente de moto na PB 313 na região de Catolé do Rocha

Recomendado pelo Google: