header top bar

section content

Domingo de roubos e furtos em Sousa e Cajazeiras; bandidos escapam da PM

O domingo, 11, foi o escolhidos pelos ladrões e assaltantes de Sousa e Cajazeiras para os crimes. Foram cinco ocorrências entre roubos e furtos. A PM conseguiu prender acusados de apenas um caso.

Por

12/11/2007 às 09h01

O domingo, 11,  foi marcado por roubos e furtos nos municípios de Sousa e Cajazeiras, no Sertão. Os bandidos escolheram como alvos desde fábricas, postos, residências e até taxistas.

Ontem, por volta do meio dia, dois homens não identificados renderam o vigilante Benedito Linhares, de 52 anos, e invadiram a Fábrica de Doces Rio Verde, em Cajazeiras, localizada às margens da BR-230.

O dono da fábrica, José Saraiva, 70 anos, chegou ao local e logo foi rendido também, apesar de tentativas de reação. As duas vítimas foram trancadas num cômodo da empresa.

Os bandidos levaram o relógio, a aliança de ouro, o celular e uma quantia de R$ 50. Os assaltantes ainda reviraram as salas dos escritórios, arrombaram o cofre e subtraíram documentos. Eles ainda arrombaram o veículo Ranger de José Saraiva, de onde tiraram um aparelho toca CD e em seguida fugiram.

Posto assaltado
Na madrugada desta segunda-feira, dois homens encapuzados assaltaram o posto de combustíveis Santa Luzia, no Bairro dos Remédios, em Cajazeiras. Os frentistas foram rendidos pelos bandidos, que estavam armados com um revólver e uma faca. Do posto, os bandidos amealharam R$ 250 e ainda conseguiram levar um celular de um dos frentistas.

Taxista ferido após tentativa de assalto
Às 22h45, o taxista Francisco das Chegas Estrela, 23 anos, foi contratado por um casal para fazer uma corrida até um motel localizado às margens da BR-230 em Sousa. Nas proximidades do local de destino, foi anunciado o assalto. Francisco reagiu e conseguiu impedir o crime, mas foi esfaqueado nas costas, no tórax e no pescoço. O taxista se deslocou até o Hospital Regional de Sousa, onde foi socorrido. A Polícia não tem pistas dos marginais que teriam fugido para a Favela do Piolho.

Residência furtada
Ao meio dia do domingo, o eletricista Francisco de Assis Lima, de 39 anos, residente no Bairro do Estreito, em Sousa, teve sua casa roubada. Ele e a esposa saíram para um passeio e quando retornaram perceberam o portão danificado. Ao adentrarem a residência, viram que haviam sido levados um aparelho DVD, roupas e jóias. Ninguém foi preso até o momento.

DVD disputado
Às 19h30 de ontem, a vítima foi o vendedor Francisco Clóvis da Silva, de 30 anos. Sua residência localizada na rua Francisco Paulino da Silva, Jardim Sorrilândia, em Sousa, recebeu a visita indesejada do servente de pedreiro conhecido como Preto Borracha (Carlos Rodrigues dos Santos), de 27 anos.

Preto Borracha, morador da rua do Arame, Conjunto Frei Damião, levou de sua casa um aparelho DVD. O equipamento foi repassado para um sujeito de prenome Wellington, que entregou a João Correia, residente no Cangote do Urubu. A partir das informações da vítima a PM prendeu todos e os levou para a delegacia. 

Polícia não consegue prender
Esse foi o único caso registrado no domingo que a Poícia Militar de Sousa e Cajazeiras conseguiu prender os acusados de roubos e furtos. A sensação de impunidade incentiva as ações criminosas.

Da redação do DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
ESPERANÇA

VÍDEO: Teste com novo medicamento já aprovado pela Anvisa elimina câncer em 100% dos casos

DESINIBIDO

VÍDEO: Prefeito de Cachoeira dos Índios sobe ao palco e canta para multidão no ‘Festeja Cachoeira’

VÍDEO NAS REDES

VÍDEO: Cantor Zé Felipe se desculpa por atraso em show no Sertão da Paraíba e detona prefeito

SORTUDA

VÍDEO: Moradora de Brejo do Cruz é sorteada no Bilhete Doação da Sorte; veja se você ganhou mil reais

Recomendado pelo Google: