header top bar

section content

Polícia prende trio, apreende mercadoria avaliada em R$ 700 além de caminhão no Sertão da Paraíba

A quadrilha abastecia lojas de moto de vários municípios da região e os homens foram presos na hora em que estavam manipulando as peças.

Por Luzia de Sousa

12/03/2016 às 15h22

Prisão em Patos - peças de moto estocadas. Trio foi preso em flagrante.

A Polícia Civil da Paraíba, a partir do trabalho investigativo realizado pela Delegacia de Patos, no Sertão do Estado, conseguiu localizar nesta sexta-feira (11), um galpão onde eram estocadas mercadorias ilícitas naquele município. Segundo o delegado Sylvio Rabelo, três homens foram presos em flagrante e as mercadorias somam valores que chegam a cerca de R$ 700 mil. Além disso, também foi apreendido um caminhão que seria utilizado para distribuir a mercadoria.

“No galpão, que fica no bairro da Liberdade, em Patos, foram presos em flagrante Jerro Adriane, Felipe Silva e Suênio Silva. A quadrilha abastecia lojas de moto de vários municípios da região e os homens foram presos na hora em que estavam manipulando as peças. No decorrer das investigações, nossa equipe conseguiu apurar que as vítimas são distribuidoras de peças de moto de João Pessoa e Campina Grande”, disse o delegado Sylvio Rabelo.

Durante a ação policial, o Fisco Estadual também foi chamado, pois além de crimes de receptação e estelionato, ainda está caracterizada a sonegação fiscal. “Vamos ouvir os envolvidos e dar continuidade às investigações. Conseguimos desarticular a quadrilha, mas é possível que novos desdobramentos apareçam neste caso, já que as peças que eram furtadas pela quadrilha em João Pessoa e Campina Grande eram comercializadas em locais diversos em Patos e região. Neste caso há também os receptadores dessas peças”, concluiu.

DIÁRIO DO SERTÃO com Assessoria

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa