header top bar

section content

NÃO PARA! Bandidos voltam a agir, assaltam farmácia e agente penitenciário na cidade de Cajazeiras. Confira!

Diante das caraterísticas, o homem que estava de cara limpa, foi reconhecido pelas vítimas. A Polícia Civil está investigando o caso. Confira os detalhes aqui!

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

06/07/2016 às 08h41 • atualizado em 06/07/2016 às 08h45

Farmácia foi assaltada por bandidos (foto: reprodução/google)

Um assalto foi registrado na noite da terça-feira (05) a uma Farmácia que fica localizada na Rua Juvêncio Carneiro no centro de Cajazeiras.

Segundo informações, dois homens em uma moto de cor vermelha chegaram ao estabelecimento e o garupa de cara limpa rendeu o atendente e um cliente que é agente penitenciário. Foram subtraídos R$ 300 reais da farmácia e uma bolsa pertencente ao agente.

A dupla fugiu sentido setor sul de Cajazeiras, onde diligências foram feitas pela polícia militar que localizou a moto modelo Fan de cor vermelha usada no crime que foi abandonada nas proximidades da Praça Padre Cícero no bairro da Esperança.

Veja também:
Dupla assalta farmácia em Cajazeiras; Empresário reage e acaba atingido

Adolescente suspeito de tocar o terror na cidade de Cajazeiras é apreendido

Após vários assaltos, farmácia em Cajazeiras passa a atender clientes com portões fechados

Diante das caraterísticas, o assaltante que estava de cara limpa, foi reconhecido pelas vítimas. A Polícia Civil está investigando o caso e poderá prender o criminoso a qualquer momento.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações de Ângelo Lima

Recomendado para você pelo google

OBRAS NO SERTÃO

VÍDEO: Governador inaugura escolas em Joca Claudino e São João, e entrega pavimentações de Trinfo

ALAMEDA E PORTAL

VÍDEO: Vereadora denuncia situação de abandono de duas obras em Sousa: “É o retrato da atual gestão”

MODA E MEIO AMBIENTE

VÍDEO: Alunos da ECIT de Cajazeiras apresentam roupas sustentáveis em desfile do curso de Vestuário

POLÊMICA

VÍDEO: advogado sousense fala do pacote anticrime que também inclui o “juiz de garantias”