header top bar

section content

Bandeira vermelha: conta de luz vai ficar mais cara em outubro

Consumidores terão de pagar uma taxa extra de R$ 3,50 para cada 100 kWh de energia utilizados

Por Priscila Belmont

30/09/2017 às 08h00 • atualizado em 29/09/2017 às 19h29

Conta de luz ficará mais barata

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)  anunciou que a bandeira tarifária do mês de outubro será a mais cara prevista: vermelha, patamar 2.

Esta será a primeira vez desde 2015, quando o sistema de bandeiras foi criado, que os consumidores terão de pagar uma taxa extra de R$ 3,50 para cada 100 kWh de energia utilizados. No mês de setembro, vigorou a bandeira amarela, que aplica uma taxa extra de R$ 2 para cada 100 kWh.

A Aneel em entrevista coletiva na última sexta-feira (29), quando anunciou a adoção da bandeira vermelha, bem como pediu aos consumidores que economizem energia elétrica.

O sistema tarifário através de bandeiras foi criado para repassar aos consumidores o custo da produção de energia. O objetivo é que os consumidores economizem energia elétrica quando o custo está mais elevado.

Bandeira verde indica que o custo de produção de energia elétrica está baixo. Quando ele sobe um pouco, muda para amarela, depois para vermelha, patamar 1, e, por fim, para bandeira vermelha, patamar 2, quando está muito alto.

Notícias ao Minuto

COVID-19

VÍDEO: Secretário executivo de saúde mostra preocupação com aumento de pessoas internadas na Paraíba

VIOLÊNCIA

VÍDEO: Mãe se desespera ao ver corpo do filho que foi assassinado a tiros em Sousa

SITUAÇÃO COMPLICADA

VÍDEO: Quase 300 pessoas podem ficar desempregadas em Cajazeiras, após decreto de Zé Aldemir, afirmam empresários

FALTA DE EDUCAÇÃO

VÍDEO: Padre de Cajazeiras diz que número de mortes na pandemia é resultado da ‘deseducação’ das pessoas

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!