header top bar

section content

Há quase quatro anos do assassinato do pai, jovem de Cajazeiras faz apelo por Justiça; “A família sofre”

Em uma rede social, a jovem também apelou às autoridades por Justiça e contou um pouco do drama que vive a família após o assassinato do pai.

Por Luzia de Sousa

20/10/2017 às 17h05

Jovem pede Justiça para o caso do pai em Cajazeiras

A jovem Kallyne Lima, da cidade de Cajazeiras, Sertão da Paraíba e atualmente residindo em Juazeiro do Norte, Estado do Ceará entrou em contato com a redação do Diário do Sertão esta semana para pedir Justiça ao caso do seu pai, Germano Aguiar Pereira, de 39 anos.

+ Foto: Homem é assassinado a tiros em bar de Cajazeiras na madrugada desta segunda

Germano era natural de Cajazeiras e foi assassinado em dezembro de 2013, no antigo bar “Casa Branca”, PB 393, saída para a cidade de São João do Rio do Peixe.

“Gostaria muito de pedir a ajuda de vocês.Mataram meu há quase quatro anos e a gente como família está sofrendo durante esse tempo todo”. Contou a jovem

Kallyne Lima explicou que foi agendado o júri para julgamento do acusado no dia 7 de novembro e clamou para que ele seja punido. “Queremos Justiça pelo que aconteceu”, escreveu a filha da vítima, informando que o homem apontado como autor do crime está em liberdade.

Em uma rede social, a jovem também apelou às autoridades por Justiça e contou um pouco do drama que vive a família após o assassinato do pai.

Veja postagem!

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

COBRA REAJUSTE DE 2018

VÍDEO: Sindicalista elogia Zé Aldemir por salário de professores, mas diz que felicidade é ‘entre aspas’

ANALISAR MELHOR FORMA

Presidente da OAB Nacional diz que irá discutir modelo legal para a questão do armamento no Brasil

PARTICIPE!

Retiro de Carnaval de Pombal recebe adesão de fiéis para a execução do maior evento religioso da cidade

SANTA MARIA

VÍDEO: Faculdade de Cajazeiras é contraponto a injustiças sociais e falta de ‘gentilezas’, diz diretora