header top bar

section content

Hospital de Trauma de Campina Grande alerta para a importância do cartão SUS no atendimento

Todo cidadão brasileiro deverá ter em mãos o Cartão Nacional da Saúde (CNS) para ser atendido nos locais que prestam serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Por Priscila Belmont

18/04/2018 às 11h02

Cartão do SUS

Buscando aperfeiçoar o atendimento e agilizar a entrada dos pacientes, o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande orienta a todos que chegarem na unidade para que apresentem o Cartão do SUS.

Em média, são atendidas 250 pessoas por dia e em torno de 30 usuários esquecem ou não têm o documento quando procuram os serviços na Unidade de Saúde.

O Ministério da Saúde determina que todas internações e atendimentos hospitalares devem conter nos seus registros o número do Cartão Nacional do SUS do paciente, mesmo nos casos de pessoas portadores de outros planos de saúde.

Todo cidadão brasileiro deverá ter em mãos o Cartão Nacional da Saúde (CNS) para ser atendido nos locais que prestam serviço pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A determinação está na Portaria N° 763, de 20 de julho de 2011, do Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde orienta ainda que mesmo aqueles que possuem plano devem portar o cartão para evitar imprevistos.

Como obter o Cartão – O cartão do SUS é emitido pelas secretarias municipais de saúde. São necessários os seguintes documentos: comprovante de residência, CPF e certidão de nascimento.

Secom PB

Recomendado para você pelo google

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Ciro diz que Ricardo ‘prejudicou-se na sucessão’, mas elogia Azevêdo: “Seria uma honra no PDT”

PREOCUPADO

VÍDEO: Na Semana dos Pobres, bispo de Cajazeiras diz que “pobreza se avoluma cada vez mais nas cidades”

A OBRA PAROU?

Ex-vereador denuncia que terminal rodoviário de Sousa está abandonado: “Prefeito Tyrone não está nem aí”

PROJETO DE LEI

VÍDEO: Comentarista diz que críticas ao leilão de imóveis da Prefeitura de Cajazeiras é ‘politicagem’