header top bar

section content

OAB Cajazeiras mantém audiência com o Corregedor do TRT para apresentar pleitos em favor da advocacia

Na oportunidade foi debatido diversos temas e aspirações emanadas da Advocacia Sertaneja.

Por Priscila Belmont

03/05/2018 às 10h48

Diretores da OAB Cajazeiras mantém audiência com o Corregedor do TRT para apresentar pleitos em favor da advocacia.

No dia 02/05/2018 participaram de uma reunião com o Exmo. Sr. Des. Corregedor do E. TRT da 13ª Região o Dr. WOLNEY DE MACEDO CORDEIRO, alguns integrantes da Diretoria da Subseção da OAB Cajazeiras o Dr. JOÃO DE DEUS QUIRINO FILHO – Presidente, o Dr. José Airton Gonçalves de Abrantes – Vice Presidente, a Dra. Vanja Alves Sobral – Diretora Tesoureira, o Dr. VITAL FERNANDES DANTAS FILHO – Secretario Adjunto, além do Dr. JOSÉ FERREIRA LIMA JÚNIOR, advogado de notória atuação na seara jus laboral, oportunidade em que debateram diversos temas e aspirações emanadas da Advocacia Sertaneja, os quais são dignos de destaques, os seguintes:

1º Problemática – interdição dos Banheiros da VT – levou-se ao conhecimento do Exmo. Sr. Corregedor do E. Regional, a problemática alusiva a interdição dos banheiros, ressaltando a imprescindibilidade de tal espaço físico, haja vista que os mesmos estão interditados, requerendo uma solução URGENTE para tal problemática;

2º – Problemática – desinstalação da 17ª VT da cidade de Cajazeiras/PB – Os Srs. Diretores abordaram o tema, ressaltando quanto a preocupação ante o risco iminente de desinstalação da antedita unidade judiciária, alertando quanto aos prejuízos de índole social, eis que distancia o jurisdicionado da proteção Estatal, além de constituir uma barreira geográfica quanto a atuação dos advogados que militam na seara jus laboral, advogados esses que em sua grande maioria pertencem aos quadros da Subseção da OAB Cajazeiras.

O Exmo. Des. Corregedor, por sua vez informou que se sensibiliza quanto ao pleito advindo da Diretoria da OAB local, contudo assegurou que para o ano em curso garantia que a desinstalação não ocorreria, contudo tal providência não está descartada, tendo em vista a limitação orçamentária advinda da EC 95. O Exmo. Des. Corregedor alertou que tal providência não está descartada, ressaltando ainda que nesse pacote de contenção de gastos se enquadram ainda a 19ª VT de Itaporanga e a 16ª VT de Catolé do Rocha, que até 2020 pode se consolidar o encerramento das atividades por parte das unidades judiciárias supra referidas.

3º Problemática – A questão alusiva a carência de peritos médicos para realização das perícias – Os advogados presentes expuseram a problemática, contextualizando de modo a expor a preocupação concernente ao esvaziamento de profissionais que tenham interesse em assumir o encargo de perito. O Des. Corregedor esclareceu que tal problemática tem assolado toda a extensão do E. Regional, inclusive os grandes centros João Pessoa e Campina Grande. Informando ainda que tal problemática se agravou em decorrência da Reforma Trabalhista, que veio a lume com a edição e vigência da Lei 13.467/2017, que traz previsão legal de sucumbência, art. 790-B da CLT, quanto aos custos da perícia terem de ser suportados pela parte Rect., o que de logo despertou o desapreço dos profissionais médicos, ante o perigo eminente de insolvência e consequente inexequibilidade do crédito pericial, ante a presumida hipossuficiência da esmagadora maioria dos obreiros;

O Exmo. Des. Corregedor Dr. WOLNEY DE MACEDO CORDEIRO, bem como o Exmo. Juiz Auxiliar da Corregedoria o Dr. ADRIANO MESQUITA DANTAS, propuseram construir uma solução paliativa para enfrentar a problemática, no sentido de tentar firmar um convênio entre a Coordenação dos Cursos de Medicina instalados na cidade de Cajazeiras, com a Secretaria de Saúde Municipal e com o Hospital Regional de Cajazeiras, oportunidade em que foi requerido auxilio da Diretoria da Subseção local, no sentido de fazer uma “ponte” entre a Corregedoria do E. Regional da Paraíba e as Diretorias e Coordenações das entidades supra referidas.

4ª Problemática – A questão alusiva ao INDEFERIMENTO recorrente por parte do Exmo. Juiz Titular da 17ª VT quanto ao aparte dos honorários contratuais – Os advogados presente relataram que o Exmo. Juiz Titular da 17ª VT INDEFERE de forma recorrente os pleitos alusivos ao aparte dos honorários contratuais, mesmo após a juntada do contrato de honorários independente do percentual.

O Exmo. Des. Corregedor assegurou que iria registrar RECOMENDAÇÃO ao Exmo. Juiz Titular da antedita VT, para que proceda de modo a se abster quanto a INDEFERIR o aparte dos honorários contratuais, quando requeridos e quando constatada a juntada do contrato de honorários. Informou aos presentes que após a adoção de tal providência por parte da Corregedoria, todo aquele que se sinta prejudicado na hipótese do Exmo. Juiz Titular INDEFERIR o aparte da verba honorária deve externar sua irresignação perante a Corregedoria, para que sejam adotadas as providências cabíveis ao caso, visto que o tema já é pacífico no E. TRT da 13ª Região, não comportando interpretações diversas por parte dos Magistrados, quanto a matéria nesse particular.

Por fim o Dr. JOÃO DE DEUS QUIRINO FILHO – Presidente da Subseção da OAB Cajazeiras reconheceu e enalteceu o gesto de lhaneza e urbanidade por parte do Exmo. Des. Corregedor, em receber a advocacia e auscultar seis anseios, ao tempo em que reafirmou o compromisso da Diretoria da Subseção Cajazeiras, tanto para com os advogados, quanto para com a Sociedade, pois o ato de postular em defesa da classe não constitui qualquer mérito, mas sim uma obrigação institucional.

OAB CZ

Recomendado para você pelo google

ENTREVISTA

Presidenta do Coren diz que enfermeiro pode ter clínica, luta pelo piso salarial e fala sobre concursos

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição