header top bar

section content

VÍDEO: “Estamos vivendo tempos difíceis neste governo, com poderes sociais fragilizados, diz Bispo de CZ

De acordo com o bispo, esta quinta-feira santa é dia de renovar a missão da igreja em tempos tão difíceis que o país está atravessando

Por Raquel Alexandre

18/04/2019 às 15h26 • atualizado em 18/04/2019 às 17h50

O Bispo da Diocese de Cajazeiras, Dom Francisco de Sales, divulgou sua mensagem de fé nesta quinta-feira santa (18).

De acordo com o bispo, esta quinta é dia de renovar a missão da igreja em tempos tão difíceis que o país está atravessando. “Os poderes sociais estão cada vez mais fragilizados pelas novas estruturas de governo e de poder no nosso país, estamos vivenciando tempos difíceis”, disse.

Dom Francisco afirmou que nesta quinta houve a reunião na Paróquia de Nossa Senhora da Piedade, de todo o presbitério e representações de todas as paróquias e comunidades para  celebrar uma missa simbólica.

Bispo de Cajazeiras, Dom Francisco de Sales

MISSÃO

O religioso salientou que a igreja se manifesta na comunhão que a liturgia caracteriza na sua expressão mais sublime, e é justamente nesse cenário eucarístico que brota o sacerdócio, uma missão para a igreja e o mundo.

“Hoje os sacerdotes renovaram os seus votos sacerdotais e trouxeram de suas paróquias vários jovens. Estamos vivenciando o ano da juventude, os jovens receberam a imagem de Nossa Senhora da Piedade e a imagem dos discípulos. Esperamos dos cristãos o desafio da profecia para a vivência da fé, finalizou Dom Francisco.

VEJA TAMBÉM: CARNE OU PEIXE? Padre revela os alimentos que os católicos devem deixar de comer na Semana Santa

Recomendado para você pelo google

HOMENAGEM

VÍDEO: Xeque Mate homenageia mototaxistas e entrevista a única mulher mototaxista de Cajazeiras

HOMENAGEM

VÍDEO: Com música ao vivo, programa Diversidade em Foco faz reflexão sobre o Dia das Mães; Assista!

EXCLUSIVO

Presidente reafirma proibição de arma na assembleia, fala da Operação Calvário e cortes de gabinetes

VÍDEO

Governador João Azevêdo fala sobre o afastamento político com Ricardo Coutinho e mudanças no Governo