header top bar

section content

Descubra quais são os pontos turísticos alternativos em Paris

E, para quem não faz questão de ficar em hotéis luxuosos ou de fazer compras em lojas de grifes, uma alternativa um pouco mais em conta é o mochilão na Europa.

Por Link Building Assistant

21/06/2019 às 15h34 • atualizado em 27/06/2019 às 14h11

Descubra quais são os pontos turísticos alternativos em Paris

Visitar para Paris é o sonho de muitas pessoas, não apenas dos casais apaixonados. Afinal, a Cidade Luz (como também é conhecida), conta com vários pontos turísticos interessantes de se conhecer.

No entanto, nem sempre é possível viajar com a meta de gastar livremente. Afinal, às vezes, você preferiu investir um pouco mais no hotel e no avião e vai ter que economizar um pouco durante a viagem. Com isso, alguns passeios deixam de ser interessantes.

A sugestão então, é buscar por rotas alternativas, lugares menos frequentados ou em que os turistas podem gastar um pouco menos.

Paris e os turistas

Paris é considerada uma cidade pequena, porém, com alta densidade demográfica. A população passa os dois milhões de habitantes, e levando em conta que, em território, a cidade não é muito grande (você pode andar toda Paris a pé em apenas duas horas), é explicado a alta densidade demográfica.

Em 2018, a capital francesa bateu, pela segunda vez, o recorde de turistas. Foi observado um aumento de 36% nas reservas dos hotéis. Americanos, espanhóis, italianos e japoneses estão entre os turistas que mais visitam a cidade.

O valor em euros que é movimentado pelos turistas também surpreende. No ano passado, a renda obtida com turismo em Paris foi de 21,5 bilhões de euros. Uma grande diferença em relação aos anos de 2017 e 2016, que também tiveram bom retorno com turismo.

Pontos turísticos alternativos

Você está decidido a visitar Paris, porém, não quer desembolsar muito dinheiro. Conheça alguns lugares legais, para gastar pouco e que são menos movimentados:

Palais Royal

O Museu do Louvre talvez não caiba no seu orçamento, mas há um lugar ali pertinho que você, com certeza, vai adorar conhecer. O Palais Royal, como já diz o próprio nome, é um pequeno palácio.

Ali, é possível aproveitar o jardim, que conta com algumas cadeiras. Além das fotos, você pode ler e descansar um pouco. A visita é totalmente de graça e há colunas irregulares e listradas espalhadas pelo chão do palácio, obras de Daniel Buren.

Se a ideia é comprar uma lembrancinha, visite os brechós e lojinhas que ficam nos arredores.

Bosque Bois de Boulogne

Que tal um passeio tranquilo, em meio a natureza, como uma caminhada ou um piquenique? O Bosque Bois de Boulogne é ótimo para quem deseja algo tranquilo e sem precisar desembolsar mais por isso.

A área total do parque é de 846 hectares, porém, existe um espaço em que se encontra uma reserva de animais e um parque de diversões. Se quiser apenas caminhar, pode aproveitar para conhecer a cascata que une dois lagos, que estão em níveis diferentes do bosque.

Rue Crémieux

Quando o objetivo da viagem é tirar muitas fotos e conhecer um lado diferente de Paris, a Rue Crémieux não pode ficar de fora. Se trata de uma região que foge um pouco do padrão sóbrio do restante da cidade. Ou, como chamam, da “velha Paris”.

Uma das grandes vantagens é que se trata de uma rua com circulação restrita aos pedestres, então, é possível tirar fotos à vontade. É o passeio ideal para quem quer caminhar e conhecer uma Cidade Luz mais colorida e moderna.

Arco do Triunfo

A Torre Eiffel é tida como um dos passeios preferidos de quem conhece a capital da França. Se está indo pela primeira vez, o turista considera indispensável uma foto por lá ou com a torre ao fundo. No entanto, existe um passeio alternativo que pode ser mais interessante.

No Arco do Triunfo (que não é assim tão desconhecido, mas não está nas primeiras opções dos turistas) você pode ver a cidade do alto. E mais, consegue ver a Torre Eiffel de lá, além de admirar um lindo pôr do sol. Romântico e incrível, para quem realmente não tem medo de altura.

Mercados de rua

E se você puder conhecer Paris como um parisiense? Esta é a melhor forma de fugir dos passeios tradicionais: conhecer os mercados de rua. A grande vantagem é que todos os bairros têm seu mercado de rua, então, não importa onde esteja hospedado, você pode aproveitar para conhecer um.

Um passeio que permite conhecer mais sobre a gastronomia francesa e experimentar comidas típicas, sem necessariamente gastar mais para isso.

Viu como é possível visitar a Cidade Luz e ainda assim turistar sem gastar muito? Aproveite muito sua próxima viagem e desfrute Paris como um parisiense!

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Presidente da Rede confirma nome para disputar prefeitura de Marizópolis: “é nossa prioridade”

VÍDEO

Efraim Filho revela motivos que poderão levar deputado ligado a Sousa sair do DEM; “Terá que sair”

MORTO A TIROS

VÍDEO: Delegado revela detalhes do crime que resultou na morte de jovem no Sertão da Paraíba

VISITA DO PRESIDENTE

VÍDEO: Prefeito de Campina Grande solicita a Bolsonaro duplicação da BR-230 de Campina ao sertão da PB