header top bar

section content

Único sobrevivente da tragédia que matou sete pessoas de duas famílias conta como foi: “Ouvi um grito’

O Tenente Deyvisson do Corpo de Bombeiros de Patos informou que a colisão entre os veículos foi frontal com oito vítimas.

Por

18/01/2016 às 19h00


 

Nesta segunda-feira (18), o único sobrevivente do acidente desse domingo (17), ocorrido na BR 230, em Patos. Francisco de Sousa Pedrosa Neto, 27 anos, que deu entrada no Hospital Regional de Patos, mas devido a gravidade dos ferimentos será transferido para o Hospital de Emergência e Trauma, em Campina Grande. Duas famílias da cidade de Sousa morreram. 

Veja mais!

?Sete mortes: Duas famílias de Sousa morrem em trágico acidente na BR 230, Duas crianças de cinco e sete anos também morreram. Vídeo!

?Polícia divulga nomes das vítimas do acidente com van; 07 morreram e 11 ficaram feridos

Os ocupantes do Polo, Ulisses Firmino Cesarino, 38 anos, Maria Thais Lopes Cesarino, 31 anos, além da filha do casal, Gabriele Lopes Cesarino, 5 anos foram a óbito no local.

A família que viajava na Mercedes Tereza Cristina Lira de Abrantes Vilhena, 31 anos, seu companheiro Laércio Carneiro Vilhena, 63 anos, a filha Esther Abrantes Marques, 7 anos e a mãe, Terezinha Lira Abrantes, 55 anos também morreram.

O Tenente Deyvisson do Corpo de Bombeiros de Patos informou que a colisão entre os veículos foi frontal com oito vítimas, sendo sete mortos e apenas um sobrevivente. Ele explicou que as vítimas estavam presas às ferragens sendo necessário rebater o teto dos carros para remover as vítimas. “Foi uma colisão frontal por parte do Polo e uma colisão lateral por parte do Mercedes”

Pedrosa Neto como é conhecido na cidade de Sousa, contou que vinha no banco de passageiro da frente. O médio atestou politraumatismo no abdômen. 

Ele passou por cirurgia e não sabe que a irmã e a sobrinha, que viajavam no banco de trás do carro, além do cunhado que dirigia o veículo estão mortos.

“Eu estava cochilando, escutei um grito, quando abri o olho, o carro que vinha sentido contrário perdeu o controle e bateu na gente”. Revelou o jovem

DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:
EXIGIU SILÊNCIO

ASSISTA: Jornalista pede demissão ao vivo após ser censurado por Bolsonaro

VISITA TÉCNICA

Após reclamações, vereadores constatam muitos veículos quebrados na garagem da prefeitura de Cajazeiras

LAMENTÁVEL

LAMENTÁVEL: vigilante morre assassinado a tiros ao reagir a assalto em posto de combustíveis em Sousa

ELEIÇÃO DA FEDERAÇÃO

VIXE: Para Aldeone, falta de apoio a Arlan Rodrigues na FPF foi covardia e Cajazeiras está “ensinando a Paraíba a trair”