header top bar

section content

Polícia age rápido e prende homem acusado de matar a própria mãe enforcada com um cordão; “Dei um tapa”

O homem foi preso no Sertão do estado, negou ter enforcado a mãe, mas confessou que a agrediu fisicamente. “Dei um tapa nela”. Confira tudo aqui!

Por

10/12/2015 às 07h05

Após denúncia anônima da população, as polícias Civil e Militar da cidade de Paulista, Sertão do estado prenderam nessa quarta-feira (9), Adalberto Cândido da Silva, acusado de agredir e matar enforcada a própria mãe, Maria Nazaré de Sousa. O crime teria sido motivado pela negativa da mulher lhe dá dinheiro para usar drogas.

Veja mais:

Em Cajazeiras, dupla é presa após arrombar residência, assaltar e surrar brutalmente idoso de 91 anos. Fotos!

Polícia tira de circulação mais duas pessoas acusadas de tráfico de drogas no Sertão

A prisão ocorreu dentro de um bar no Sítio Riacho Fundo, Zona Rural do município. O acusado negou a autoria do crime, ocorrido nessa segunda-feira (7).

O homem negou ter enforcado a mãe, mas confessou que a agrediu fisicamente. “Dei um tapa nela”.

Adalberto Cândido contou que estava bebendo com a mãe no dia do crime e revelou: “Quando acordei a encontrei com um cordão no pescoço, cortei, ela caiu, mas já estava morta”.

Ele disse a mãe cometeu suicídio, mas revelou que ao vê-la morta não chamou por socorro, nem foi ao sepultamento dela. “Perdi a cabeça foi isso”.

DIÁRIO DO SERTÃO com foto do São Bento em Foco

Tags:

Recomendado para você pelo google

ENTREVISTA

Presidenta do Coren diz que enfermeiro pode ter clínica, luta pelo piso salarial e fala sobre concursos

POSSÍVEL CANDIDATO

VÍDEO: Ex-prefeito de Cachoeira dos Índios revela quais os ‘vices dos sonhos’ para sua chapa em 2020

AVENIDA LOTADA

VÍDEO: Show de comunidade católica famosa em todo o Brasil reúne multidão em São José de Piranhas

PREFEITO DE MONTE HOREBE

VÍDEO: Marcos Eron admite querer a reeleição, nega distanciamento da vice e manda recado para oposição