header top bar

section content

VÍDEO: ‘Nós não queremos massacre no país devido a cor da pele’, diz ativista sobre combate ao racismo

As ativistas sociais Socorro Ferreira e Maria José falaram sobre empatia e respeito com as pessoas, no programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão, nesta segunda-feira (23).

Por Juliana Santos

23/11/2020 às 16h34 • atualizado em 27/11/2020 às 08h43

O combate ao racismo no Brasil foi debatido no programa Balanço Diário da TV Diário do Sertão nesta segunda-feira (23). As ativistas sociais Socorro Ferreira e Maria José falaram sobre empatia e respeito com as pessoas.

A assistente social e ativista, Socorro Ferreira, conta que apreendeu a ter respeito pelas pessoas, quando percebeu a luta das pessoas mais humildes tem para garantir a sobrevivência, assim como fez sua família. “Sou Socorro Ferreira, filha de uma lavadeira, mãe solteira. Eu não tive que me prostituir, não tive que roubar, embora que para mim fosse muito difícil”.

Para Socorro, negar os direitos básicos as pessoas e depois querer cobrar delas que se torne pessoas bem sucedidas, é uma situação muito difícil. “Quando lhe é negado o direito a saúde, a educação de qualidade, de ter moradia, infraestrutura, acesso ao transporte, segurança pública, é muito difícil alguém querer que você se torne uma pessoa bacana, que tenha tudo, se tiram até a oportunidade de você ter um trabalho”, comentou.

VEJA TAMBÉM

Prefeitura de Santa Helena elabora Plano de Ação pelo Fim do Racismo e atuação será intersetorial

A assistente social falou ainda que é preciso que as pessoas tenham empatia por pessoas negras e que o Brasil não precisa de massacres devido a cor da pele. “É preciso que as pessoas nos respeitem, é preciso que as pessoas tenham empatia por pessoas negras. Nós não queremos massacre no nosso país, devido a cor da pele”, disse.

A ativista Maria José enfatizou que é preciso muita luta, mas com honestidade e dignidade. “Precisamos sim, estudar e crescer para fazermos a diferença”, afirma Maria José.

DIÁRIO DO SERTÃO

COLAPSO

VÍDEO: Empresário cajazeirense que mora em Roraima revela que oxigênio deve acabar em 14 dias

SAÚDE

VÍDEO: Após crise no Amazonas, diretor do Hospital Regional diz se o oxigênio pode acabar em Cajazeiras

VAMOS AJUDAR

VIDEO: Dona de casa chora ao fazer apelo por comida e medicações em Cajazeiras: ‘Tenho dois filhos’

NOS BRAÇOS DO POVO

VÍDEO: Vereador da região de Sousa que tomou posse dentro da prisão é recebido com festa pela população

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!