header top bar

section content

VÍDEO: “Nos sentimos abandonados” diz presidente de Associação em Cajazeiras que pede ajuda a Zé Aldemir

Pela falta de doação, o presidente da Associação afirmou que liberou famílias que estão passando necessidades para pedir pelas ruas de Cajazeiras.

Por Juliana Santos

07/04/2021 às 19h21 • atualizado em 07/04/2021 às 19h22

Diante da falta de emprego causada pela pandemia da Covid-19, cresceu o número de pessoas que estão passando necessidades por falta de dinheiro para comprar itens básicos como alimentos, produtos de higiene e para pagar contas de água e energia.

Em Cajazeiras, cidade localizada no Sertão da Paraíba, até as Associações estão passando dificuldade em ajudar morredores da localidade. É o caso da Associação Comunitária Francisca Bandeira, no bairro Casas Populares, na zona norte da cidade, que tem mais de 300 famílias cadastradas e que muitas delas vivem apenas do Bolsa Família.

O presidente, José Alves de Lima, mais conhecido como Zezinho Pedreiro, concedeu entrevista ao programa Olho Vivo da TV Diário do Sertão e relatou a dificuldade que está tendo em conseguir ajuda da Prefeitura de Cajazeiras. Zezinho afirmou que já esteve na Secretaria de Assistência Social, mas não recebeu nenhuma ajuda para as famílias carentes. “Desde janeiro estamos buscando ajuda. Liguei para o prefeito José Aldemir ele falou que eu fosse na Secretaria de Desenvolvimento Humano, estive lá e a secretária Simone fez um cadastro e estou aguardando, para ver se resolve algo”, comentou.

VEJA TAMBÉM

Prefeituras de cidades do Sertão da Paraíba pretendem gastar mais de R$300 mil com aquisição de lanches e refeições

Zezinho Pedreiro também pediu a união das lideranças políticas da região para ajudar a população que mais precisa e afirma que se sente abandonado. “Se todos que já procuramos nos ajudasse estaríamos gratos, mas falamos e ligamos para as pessoas e nada, nos sentimos abandonados. Tem famílias que amanhecem sem café da manhã, nem um botijão de gás podem comprar pelo preço que está”, detalhou.

Zezinho Pedreiro é presidente da Associação Comunitária do bairro dos Populares em Cajazeiras. (Foto: Diário do Sertão)

O presidente da Associação fez uma apelo ao prefeito de Cajazeiras, que ajude as famílias que não estão conseguindo alimento. “A fome não espera, eu peço ao prefeito que ajude não só o bairro dos Populares, mas também os outros bairros da cidade. Onde chegamos tem criança pedindo comida aos pais que não tem condição de comprar porque não tem emprego, as famílias está vivendo de Bolsa Família e muitas moram de aluguel”, disse.

Ainda de acordo com Zezinho Pedreiro, mesmo fazendo campanha de arrecadação de alimentos, a Associação não conseguiu dar conta da quantidade de famílias que precisam de doação e acabou liberando todos eles para pedir nas ruas de Cajazeiras.

DIÁRIO DO SERTÃO

DE CORTAR O CORAÇÃO

VÍDEO: Égua, cega e abandonada cai por duas vezes no canal do Estreito e é resgatada por ONG em Sousa

EM CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dráuzio Varella faz palestra em evento online da Faculdade Santa Maria e fala sobre a pandemia

PROTEÇÃO NECESSÁRIA

VÍDEO: Coronavac protege cerca de 80% do risco de morte, diz secretário executivo da Saúde da Paraíba

PARAÍBA

VÍDEO: Secretário executivo de Educação explica nova meta de alfabetização e fala em obras em Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!