header top bar

section content

Após ser espancada por companheiro no Sertão, mulher perde a visão e faz apelo

A mulher é mãe de três filhos, mas dois deles estão com seu primeiro marido, de quem ela se separou para ficar com o homem que quase a matou.

Por

30/08/2015 às 11h06

Mulher perdeu a visão e tem dificuldades para se locomover

A popular Francisca Pereira da Silva, 30 anos, perdeu a visão de um dos olhos e passa por dificuldades para se locomover por conseqüências das agressões físicas que sofreu do próprio companheiro, que está preso. Segundo informações, Francisca foi encontrada gravemente ferida em um matagal nos arredores de Itaporanga, no Vale do Piancó.

Francisca passou quase três semanas internada no Hospital Regional de Patos, onde foi submetida a uma cirurgia encefálica devido à forte pancada na cabeça, mas atualmente está com os pais, uma irmã e uma filha vivendo em situação precária dentro de um casebre na cidade de Itaporanga. Ainda não se sabe se a cegueira de Francisca é definitiva.

A mulher é mãe de três filhos, mas dois deles estão com seu primeiro marido, de quem ela se separou para ficar com o homem que quase a matou.

Além dos problemas físicos, Francisca também está muito abalada emocionalmente. Ela conta que, além das pancadas que sofreu na cabeça, também foi violentada sexualmente pelo ex-companheiro. 

Francisca está vivendo de doações e quem puder ajudá-la pode deixar na casa onde se encontra ou na fundação José Francisco de Sousa (83. 9-9994-2794).

DIÁRIO DO SERTÃO com folhadovali

Tags:

Recomendado para você pelo google

FICOU PRESO ÀS FERRAGENS

PRF conta detalhes do acidente que vitimou vendedor da Região de Cajazeiras e deixou mulher ferida

VÍDEO

Aliado do governador bate de frente com presidente da CDL e garante funcionamento do IPC em Cajazeiras

NOVOS RUMOS

VÍDEO: Em Patos, assembleia da Paraíba debate sustentabilidade e desenvolvimento regional no Sertão

SUCESSO

VÍDEO: Mensagem Empresarial mostra história de um dos maiores empresários e empreendedores de Cajazeiras