header top bar

section content

Triste: Mulher morre após bater moto em caminhão parado; capacete estava no braço

A mulher foi socorrida pelo Samu para o hospital local, mas não resistiu devido a um forte trauma craniano. O capacete estava pendurado no braço.

Por

09/08/2015 às 11h52

Mulher morre após bater moto em caminhão parado; capacete estava no braço

A pescadora Missicleide Fernandes da Silva, 37 anos faleceu nesse sábado (08) após bater na traseira de um caminhão no Centro de Coremas. Segundo informações, Missicleide seguia em uma moto quando perdeu o controle do veículo bateu no caminhão que estava estacionado na porta de um mercadinho descarregando mercadoria.

A mulher foi socorrida pelo Samu para o hospital local, mas não resistiu devido a um forte trauma craniano. Segundo testemunhas, ela conduzia a motocicleta com o capacete pendurado no braço. 

Missicleide era separada e deixa dois filhos pré-adolescentes.

O caminhão contra o qual a mulher chocou-se é de São João do Rio do Peixe. 

DIÁRIO DO SERTÃO com folhadovali

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”