header top bar

section content

Amor e ódio: agricultora se nega a fazer sexo com o marido e é violentamente espancada

“Não estava conseguindo namorar, porque eu estava bêbado, muito agitado, mas eu estou arrependido", confessou o agressor.

Por

13/07/2014 às 13h56

A mulher denunciou o acusado que terminou sendo preso (Foto: Wgleyson)

O agricultor Francisco Alves dos Santos, mais conhecido como “Barra”, de 58 anos foi preso na manhã do último sábado (12), no sítio Lagoa do Mato, zona rural de Cachoeira dos Índios, após tentar fazer sexo forçado com a própria esposa, a agricultura Alzira Belém de 46 anos.

De acordo com informações da Polícia Militar, A mulher se recusou a manter relações sexuais com o marido na noite da última sexta-feira (11) e acabou sendo espancada. Ferida, Alzira ligou para Polícia comunicando o fato.

Os policiais saíram em diligências e conseguiram localizar o acusado. No momento da prisão o agricultor estava completamente nu. 

O agressor foi encaminhado até a delegacia de Polícia Civil da cidade de Cajazeiras, onde foi autuado na Lei Maria da Penha.

Em entrevista exclusiva ao portal Diário do Sertão, Francisco Alves falou que estava embriagado e não se lembra do que ocorreu. “Não estava conseguindo namorar, porque eu estava bêbado, muito agitado. Eu sou um cidadão e estou arrependido”, confessou o acusado.

Veja vídeo!

?DIÁRIO DO SERTÃO

Tags:

Recomendado para você pelo google

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens

O CAMINHO

VÍDEO: Em Pombal, Frei Gilson declara que a Igreja Católica precisa pregar um catolicismo praticante