header top bar

section content

Justiça condena padrasto estuprador em Cajazeiras

A Justiça condenou na última terça-feira (20), a 32 anos de prisão, o agricultor Francisco Moacir Pessoa Filho, 30 anos, acusado de abusar sexualmente de duas enteadas menores no Sítio Santo Antônio, Zona Rural de Cajazeiras.  O fato aconteceu no mês de abril. Moacir foi denunciado por abusar sexualmente das menores, uma de 13 e, […]

Por

21/10/2009 às 14h22

A Justiça condenou na última terça-feira (20), a 32 anos de prisão, o agricultor Francisco Moacir Pessoa Filho, 30 anos, acusado de abusar sexualmente de duas enteadas menores no Sítio Santo Antônio, Zona Rural de Cajazeiras. 

O fato aconteceu no mês de abril. Moacir foi denunciado por abusar sexualmente das menores, uma de 13 e, outra de apenas 11 anos, que eram suas enteadas. A mãe das vítimas convivia com o acusado há seis anos e ficou surpresa após tomar conhecimento dos acontecimentos. Francisco Moacir continua preso na Cadeia Pública de Cajazeiras. 

Com a decisão da Justiça local, Moacir Pessoa poderá ser reconduzido para um dos presídios de segurança máxima, Roger em João Pessoa ou Serrotão em Campina Grande. 

Da Redação do Diário do Sertão
Com informações e Foto : Folhavipdecajazeiras

Tags:

Recomendado para você pelo google

EM SOUSA

Radialista revela que “vítima da mão pesada e dos chutes do prefeito Tyrone” disputará eleições em 2020

VÍDEO

Comandante do Corpo de Bombeiros aponta possíveis causas do incêndio no lixão de Cajazeiras

SAÚDE

VÍDEO: Programa Xeque Mate fala sobre a saúde de Cajazeiras e recebe popular e diretoras do HUJB e HRC

REFORMA AGRÁRIA

VÍDEO: Coordenadora da CPT Sertão afirma que terras são um direito dos camponeses e não do agronegócio