header top bar

section content

Justiça condena padrasto estuprador em Cajazeiras

A Justiça condenou na última terça-feira (20), a 32 anos de prisão, o agricultor Francisco Moacir Pessoa Filho, 30 anos, acusado de abusar sexualmente de duas enteadas menores no Sítio Santo Antônio, Zona Rural de Cajazeiras.  O fato aconteceu no mês de abril. Moacir foi denunciado por abusar sexualmente das menores, uma de 13 e, […]

Por

21/10/2009 às 14h22

A Justiça condenou na última terça-feira (20), a 32 anos de prisão, o agricultor Francisco Moacir Pessoa Filho, 30 anos, acusado de abusar sexualmente de duas enteadas menores no Sítio Santo Antônio, Zona Rural de Cajazeiras. 

O fato aconteceu no mês de abril. Moacir foi denunciado por abusar sexualmente das menores, uma de 13 e, outra de apenas 11 anos, que eram suas enteadas. A mãe das vítimas convivia com o acusado há seis anos e ficou surpresa após tomar conhecimento dos acontecimentos. Francisco Moacir continua preso na Cadeia Pública de Cajazeiras. 

Com a decisão da Justiça local, Moacir Pessoa poderá ser reconduzido para um dos presídios de segurança máxima, Roger em João Pessoa ou Serrotão em Campina Grande. 

Da Redação do Diário do Sertão
Com informações e Foto : Folhavipdecajazeiras

Tags:
DEPENOU O GALO

VEJA OS GOLS: Atlético de Cajazeiras vence o Treze de Campina e assume a liderança isolada do Paraibano

NA TELA DA TV DIÁRIO

Diário Esportivo traz tudo sobre a 2ª rodada do Paraibano; Tático narra gol da vitória do Atlético

SE CUIDE!

VÍDEO: No Janeiro Branco, Diversidade em Foco promove uma ‘Conversa sobre suicídio e como evitá-lo?’

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”