header top bar

section content

Quais cuidados necessários ao levar o cachorro em um ambiente pet friendly?

Donos de animais devem estar atentos para alguns pontos ao saírem de casa. Espaços também podem se adequar para receber melhor os animais.

Por Link Building Assistant

23/08/2019 às 21h50 • atualizado em 23/08/2019 às 22h07

Quais cuidados necessários ao levar o cachorro em um ambiente pet friendly?

Para quem tem animal em casa, sair para a rua, por vezes, é um problema, já que o bicho de estimação fica sozinho e longe do dono. A solução, contudo, surge em quantidades ainda maiores nos dias atuais. Os últimos anos são marcados pelo aumento no número de espaços que aceitam cães em locais públicos e outros animais.

São estabelecimentos que visam fidelizar o cliente por meio da política pet friendly. Esse conceito pode ser aplicado para lugares públicos que não apenas aceitam a presença do animal de estimação, mas tem uma estrutura para recebê-lo. A ideia tem se tornado cada vez mais comum em estabelecimentos no Brasil.

Isso porque a pessoa fica mais a vontade de sair de casa, já que não há a necessidade de retornar rápido para casa por causa do animal. Com o cachorro ou gato presente no passeio, o dono vai procurar frequentar lugares que não apenas o atenda bem, mas que também, ofereçam uma boa experiência para seu bichinho.

Por isso, supermercados e shoppings – e suas respectivas lojas – têm cada vez mais adotado práticas que estimulem isso, passando a aceitar a presença dos animais. Parques abertos também são uma referência comum desse tipo de ambiente, sendo uma das primeiras opções que os donos têm para passear com seu cão.

Tornando seu espaço pet friendly

Para aqueles interessados em tornar o seu espaço compatível para os animais, algumas orientações são necessárias. É preciso, primeiro, pensar em lugares mais abertos, que permitam a livre circulação dos animais e também do ar. Investir em janelas maiores que permitam boa iluminação e o ar seja arejado, é um bom caminho.

Caso o local não tenha o costume de receber animais, considere aplicar isolamento acústico em algum ambiente. Isso tem como objetivo evitar que ruídos e latidos incomodem clientes sem animais.

O revestimento do local deve ser de fácil limpeza e manutenção, evitando-se, assim, opções como carpete e tapete. Opte por algo que não será danificado pelo uso de água e outros produtos de limpeza, já que este será um ambiente que constantemente será limpo. O porcelanato, por exemplo, é uma opção que cumpre bem esse papel.

Cuidados que os donos devem ter

Se, por um lado, o estabelecimento tem algumas responsabilidades para proporcionar um ambiente mais receptivo para o animal, o dono também tem sua parcela de deveres. Poder sair com seu animal e frequentar esses lugares é uma grande comodidade, que o deixa mais próximo do animal, mas que exige cuidados.

Um deles é o uso de coleira e focinheira em cachorros, principalmente naqueles que possam ser mais agressivos. Mesmo que o cão tenha o costume de ser manso e dócil, é melhor se precaver, uma vez que ele pode reagir de forma inesperada em ambientes em que não está acostumado. Isso evita problemas para os donos e demais clientes.

Responsabilidade pela sujeira

Assim como o animal é de responsabilidade do dono, também é a sujeira feita por ele. Ao visitar esses locais, crie o hábito de levar luvas e saquinhos descartáveis, para que você, eventualmente, limpe qualquer sujeira que ele possa cometer.

Existirão locais que, inclusive, irão disponibilizar isso para o cliente, reforçando o aspecto pet friendly do estabelecimento. Entretanto, como a ideia de pontos comerciais assim ainda não ser um padrão, a melhor opção é sempre ter um estoque desses utensílios à mão.

Leve a água

Novamente, já há lugares que estão mais preparados para receber seu animal, e que poderão servir água limpa e fresca para o animalzinho. Contudo, por não ser uma garantia que essa comodidade exista, sempre saia de casa munido com um recipiente para levar a água do seu companheiro.

Informe-se

Pesquise na Internet sobre locais que adotem política de pet friendly, principalmente caso esteja se mudando para uma nova cidade. Além de ser uma forma de evitar que você perca a viagem, é também a chance de descobrir novos lugares para visitar na cidade.

Outra possibilidade é descobrir grupos de donos de animais, que têm maiores chances de conhecerem esse tipo de estabelecimento. O intercâmbio de ideias e recomendações irá expandir os locais que você possa visitar com seu companheiro, tornando os passeios ainda mais diversificados e proveitosos.

Recomendado para você pelo google

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas

ALUNOS DÃO SHOW

VÍDEO: 3º dia da Mostra de Conhecimentos destaca a natureza, tecnologias, leitura, teatro e matemática