header top bar

section content

Dom Cappio comemora suspensão das obras da Transposição

O bispo de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, que está há 15 dias em greve de fome, recebeu "com alegria" a notícia de que o Tribunal Regional Federal (TRF) de Brasília (DF) concedeu liminar suspendendo as obras de transposição do Rio São Francisco. A Advocacia Geral da União (AGU) informou, por meio de sua […]

Por

11/12/2007 às 18h26

O bispo de Barra (BA), dom Luiz Flávio Cappio, que está há 15 dias em greve de fome, recebeu "com alegria" a notícia de que o Tribunal Regional Federal (TRF) de Brasília (DF) concedeu liminar suspendendo as obras de transposição do Rio São Francisco.

A Advocacia Geral da União (AGU) informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que recorrerá da decisão no Supremo Tribunal Federal (STF). A AGU considera que só o STF pode decidir sobre o caso, pois o projeto envolve vários estados.

Cappio, porém, comemorou a liminar. "A liminar aponta para um final feliz", comenta o religioso, que está hospedado na Capela de São Francisco, em Sobradinho (BA), 554 quilômetros a noroeste de Salvador.

Apesar disso, o bispo garante que o jejum continua até que as tropas do Exército que tocam as obras, nos municípios de Cabrobó e Alta Floresta, em Pernambuco, sejam definitivamente retiradas dos canteiros.

Ato ecumênico realizado neste domingo (9) em Sobradinho, na Bahia, marcou o 13º dia de greve de fome do bispo Luiz Flávio Cappio. É a segunda vez em dois anos que o bispo deixa de se alimentar em protesto contra a transposição do rio São Francisco.

A greve de fome anterior do bispo, que tem 61 anos, foi interrompida após 11 dias, após acordo com o governo. O ato realizado no domingo teve a participação de movimentos sociais. 

Fonte: G1

Tags:
INFORMAÇÃO OFICIAL

VÍDEO: Tenente do 4º BBM dá detalhes de incêndio em galpão de reciclagem na cidade de Patos

DRACO

VÍDEO: Assaltante investigado no ataque a carro forte entre Aparecida e Pombal é preso em Sousa

SORTEIO DE R$ 100,00

VÍDEO: “O que o Brasil mais precisa?” agitou o Pix Diário do programa Olho Vivo; veja as respostas

CULTURA NORDESTINA

VÍDEO: Comerciantes de fogos juninos se adaptam para manter tradição em barraquinhas da cidade de Sousa

Recomendado pelo Google: