header top bar

section content

Receita Federal libera novo lote

A Receita Federal do Brasil na libera nesta sexta-feira, a partir das 8h, a consulta ao sexto lote de restituições do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2007 (ano base 2006). A consulta estará disponível na internet e pelo número 0300-789-0300. Neste lote serão liberadas 2.091.491 declarações. Desse total, 73.895 contribuintes têm imposto a pagar, […]

Por

08/11/2007 às 21h53

A Receita Federal do Brasil na libera nesta sexta-feira, a partir das 8h, a consulta ao sexto lote de restituições do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) 2007 (ano base 2006). A consulta estará disponível na internet e pelo número 0300-789-0300.

Neste lote serão liberadas 2.091.491 declarações. Desse total, 73.895 contribuintes têm imposto a pagar, correspondendo a R$ 46,3 milhões; 1.989.232 têm imposto a restituir, correspondendo a R$ 1,8 bilhão, e 28.364 extratos não têm saldo de imposto a pagar ou a restituir.

O dinheiro estará disponível para saque no dia 16 de novembro e será acrescido de 6,63% correspondentes à variação da taxa do Selic de maio a outubro, e de mais 1% referente ao mês de novembro.

O contribuinte com direito a restituição que não solicitou crédito em conta poderá fazê-lo a partir do dia 16 de novembro de 2007. Os valores estarão disponíveis no Banco do Brasil, onde o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência ou ligar para o "BB responde", no telefone 4004-0001 (nas capitais) ou 0800-729-0001 (demais localidades).

Malha fina
A Receita Federal também já tornou possível a consulta, em seu site, dos retidos na malha fina do Imposto de Renda 2007. Neste ano, a Receita intensificou a fiscalização sobre as declarações das pessoas físicas. O cruzamento de informações e a análise de dados dos anos anteriores dobraram o número de contribuintes que foram autuados após terem a vida fiscal analisada com maior minúcia, a chamada malha fina.

Entre janeiro e julho, os auditores fiscais identificaram 208.471 declarações que precisaram ser revisadas e autuadas, um crescimento de 104,5% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Ao fazer a consulta, o contribuinte pode checar qual a pendência apontada pelos técnicos da Receita e, se for o caso, fazer uma declaração retificadora para regularizar a situação.

Para fazer a consulta, basta entrar no site e clicar na seção IRPF – Extrato Simplificado do Processamento. Na página, então informar o CPF, o número do recibo de entrega (os dez números que aparecem na primeira página da declaração) e o código de segurança pedido (quatro caracteres).

Fonte: Folha Online

Tags:
ELEITOS EM 2020

VÍDEO: Advogado comenta decisão do TRE que determina cassação de vereadores de cidade na região de Sousa

CAMPOS IDEOLÓGICOS

VÍDEO: Enquete online do Diário do Sertão mostra que a maioria tem preferência política pela esquerda

TIRO NO PÉ

VÍDEO: Bolsonaro diz que o brasileiro vivia melhor no tempo de Lula, mas ataca gestão do ex-presidente

AUTORA EVANGÉLICA

VÍDEO: Missionária lança seu primeiro livro em Cajazeiras: “Santificação é um processo progressivo”

Recomendado pelo Google: