header top bar

section content

Padre questiona passividade do povo diante das ameaças aos direitos trabalhistas no governo Temer

O sacerdote faz um desabafo ao comentar sobre a crise social cada vez mais agravada, segundo ele, pelo governo do presidente Michel Temer

Por Jocivan Pinheiro

16/02/2017 às 21h33

Padre Francivaldo faz um desabafo em tom de revolta e decepção, no Direto ao Ponto dessa semana, ao comentar sobre a crise social cada vez mais agravada, segundo ele, pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB) através das várias propostas de emendas à constituição que ameaçam direitos trabalhistas conquistados a duras penas após décadas de luta. O sacerdote também questionou a passividade de grande parte a população brasileira diante da situação.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

DINHEIRO NO BOLSO

VÍDEO: Show e Prêmios Alô da Sorte realiza mais um sorteio mensal da rodada extra; Saiba quem ganhou

PROFESSORES CONTRATADOS

VÍDEO: Após pressão de vereador, prefeitura de Cajazeiras confirma pagamento de salários atrasados

VIOLÊNCIA SEM PARAR

VÍDEO: Jovem é morto com vários tiros e mulher fica ferida após ser vítima de bala perdida em Cajazeiras

TRAGÉDIA

VÍDEO: Comandante da PM lamenta morte de vereador e diz que assassinos são conhecidos no crime