header top bar

section content

Anatel revela melhor e pior operadora do Brasil; confira!

Galaxy S9 no Brasil e as melhores operadoras de celular; veja destaque

Por Tech Tudo

02/04/2018 às 07h53

Operadoras de abrangência nacional ficam atrás das de cobertura local (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

Março foi um mês agitado no mercado nacional de celulares. Enquanto a Samsung anunciou os novos Galaxy S9 e S9 Plus no Brasil com preço alto, a Motorola apresentou o primeiro Moto Snap com TV digital para a linha Moto Z. Além disso, uma pesquisa anual feita pela Anatel demonstrou a insatisfação dos brasileiros com as grandes operadoras, quanto a qualidade dos serviços prestados. O destaque foi dado às operadoras regionais, com resultados melhores que as nacionais.

No exterior, novos rumores sobre o futuro Moto G6 apareceram na China, assim como a primeira prévia do Android P e a chegada do novo iPad. O sistema do Google também teve bons resultados com o AR Core. No entanto, o iOS, da Apple, lidou com bugs e falhas de segurança e privacidade relacionadas à câmera e à assistente Siri. Estes foram alguns dos acontecimentos de março. Confira, a seguir, os destaques do mês.

Com foco na câmera, a Samsung apresentou o Galaxy S9 e S9 Plus no Brasil, que conta com recurso de abertura variável. Dessa maneira, o usuário pode controlar a entrada de luz durante a captura, ajustando a abertura do diafragma. Além disso, os smartphones são equipados com Bluetooth 5.0, áudio estéreo e, diferente das gerações anteriores, a versão brasileira traz o Snapdragon 845 no lugar do Exynos, processador de fabricação própria.

Os lançamentos da Samsung chegam ao mercado nacional no dia 20 de abril a preços bem salgados, inclusive maiores do que os praticados pela Apple no iPhone 8. O Galaxy S9 terá preço sugerido de R$ 4.299, enquanto a versão Plus custará a partir de R$ 4.899.

Em março, ambos smartphones apresentaram problemas, afetando mais a versão maior. Em fóruns da Samsung e no Reddit, usuários reportaram falhas na tela do celular, que apresentava “zonas mortas”, ou seja, regiões onde a sensibilidade do display é reduzida ou nula, o que impede o reconhecimento de toques. Segundo um porta-voz da marca sul-coreana para o portal Engadget, o incidente está sendo investigado pela empresa.

A Anatel, agência que regula o setor de telecomunicações, divulgou os resultados mais recentes da pesquisa de Satisfação e Qualidade Percebida, referente ao ano de 2017. O levantamento anual leva em consideração o índice de satisfação geral dos consumidores em relação aos serviços prestados pelas operadoras de telefonia.

O resultado mostrou que clientes de operadoras de abrangência local estiveram mais satisfeitos do que aqueles que utilizam serviços prestados pelas operadoras de cobertura nacional. Entre os pré-pagos, a Sercomtel, do Paraná, e Algar, de Minas Gerais e partes de Goiás e São Paulo, foram destaques. No pós-pago, a Porto Seguro, que atua em São Paulo e Rio de Janeiro, levou vantagem.

Entre as grandes, apenas a Vivo registrou presença no ranking dos serviços pós-pagos. Claro, Tim e Oi tiveram desempenho inferior, com a Oi segurando a lanterna tanto entre usuários de pré como de pós-pago.

ARCore é uma plataforma de realidade aumentada (RA) para Android. Ela permite que desenvolvedores criem recursos de RA com mais facilidade. Atualmente, a ferramenta já rende frutos: a Play Store conta com uma série de apps compatíveis com a tecnologia, que promete maior imersão e uso mais interativo do celular em experiências que misturam o real com o virtual.

Embora seja uma novidade, a compatibilidade com a tecnologia não é tão restrita. Dispositivos de dois anos de idade funcionam com a novidade do Android, como os Galaxy S7 e S7 Edge. Outros modelos compatíveis são os Galaxy S8, Galaxy S8 Plus, Galaxy Note 8, OnePlus 5, Google Pixel, Pixel XL, Pixel 2, Pixel XL 2, LG V30, V30+ e Asus Zenfone AR.

O processo de desenvolvimento do Android P começa a acelerar com a chegada das prévias do sistema aos desenvolvedores. A versão de testes já conta com aprimoramentos relacionados ao consumo de energia, mais segurança ao usuário e traz recursos novos com relação ao gerenciamento do Wi-Fi. A nova versão do sistema operacional do Google também terá suporte nativo ao “topete” de telas como no iPhone X e Zenfone 5 (2018).

Uma das novidades mais perceptíveis está na central de notificações. Remodelada, ela permitirá mais interação, com opções para enviar arquivos de imagens e adesivos por meio da notificação, sem precisar abrir o aplicativo. Novos detalhes sobre o Android P devem ser liberadas durante o Google I/O, a ser realizado em maio.

O Google irá restringir o acesso à Play Store e demais aplicativos da empresa em dispositivos não-certificados, ou seja, que não seguem as diretrizes de desenvolvimento do Android. A medida, no entanto, pode afetar também usuários de celulares de fabricante alinhados, mas que utilizam ROMs customizadas, e que podem eventualmente ter o celular bloqueado.

Caso isso aconteça, o Google preparou um formulário para que os usuários possam ativar o seu smartphone novamente. Basta enviar o seu Android ID para a página google.com/android/uncertified. No entanto, vale lembrar que este procedimento funciona apenas com dispositivos certificados, isto é, com IDs válidos. O TechTudo ensina como saber se o seu celular é certificado.

O iOS 11 apresentou diversos problemas no mês de março. Um deles atinge diretamente a Siri, que lê notificações ocultas sem exigir senha. Essa falha afeta a privacidade, já que permite a reprodução de conteúdo restrito mesmo sem as credenciais do usuário. A Apple se comprometeu a atualizar o sistema para corrigir o problema. Até então, a alternativa para evitar constrangimentos é limitar as permissões da Siri para que seja ativada apenas com o iPhone desbloqueado.

Outro bug associado à versão mais recente do sistema operacional móvel da Apple está relacionado com o funcionamento do leitor de QR Codes. O recurso pode ser enganado por um código falso, capaz de lançar o usuário em um site malicioso para ataques, como o phishing. Até que atualizações corrijam a falha, a alternativa do usuário é desligar a funcionalidade de leitura de QR Code nas configurações de câmera.

A expectativa é que todas essas e outras falhas sejam corrigidas no iOS 11.3. A nova versão traz mais opções para o gerenciamento da bateria e possibilidade de desligar o recurso polêmico que limita o desempenho do iPhone. A atualização também conta com novos Animojis, Mensagens sincronizadas com o iCloud, entre outras novidades.

O novo iPad de 9,7 polegadas foi anunciado pela Apple em evento dedicado à educação. O grande destaque está na tela, que passa a ser compatível com a Apple Pencil, antes disponível apenas para iPad Pro. Com capacidade de identificar níveis variados de pressão exercida pela mão na hora de escrever ou desenhar, a tela de baixa latência do iPad deve possibilitar conforto para estudantes na hora de fazer anotações e de traçar desenhos.

Anunciado a US$ 329 (R$ 1.095, sem impostos), o novo tablet da Apple entra em comercialização para acompanhar a volta as aulas no mercado americano. Ainda não há informações sobre preços e data de lançamento do produto no Brasil.

A Motorola chamou a atenção com o Moto Power Pack & TV Digital, o primeiro Moto Snap com TV digital. O acessório é compatível com toda a linha Moto Z (Moto Z, Moto Z2 Force e Moto Z2 Play), e é capaz de trazer compatibilidade com sinal de televisão ao smartphone e ainda conta com suprimento de energia extra de 2.800 mAh. O acessório pode ser encontrado no mercado nacional por R$ 399.

A capinha também traz um suporte traseiro para que o celular possa ser apoiado na horizontal na hora de curtir a programação da TV. Lançado em parceria com o Grupo Globo, o novo Moto Snap chega ao consumidor com seis meses de acesso liberado ao Globo Play, plataforma de vídeos e streaming da TV Globo.

Além disso, o anúncio do novo Moto G6 pode estar próximo. O smartphone, ao lado daquele que deve ser o Moto E5, passou por um processo de homologação na equivalente chinesa da Anatel. Essa etapa do processo de desenvolvimento do produto antecipa o lançamento oficial ao mercado, algo que pode acabar acontecendo em breve.

O Moto G6 é esperado com tela de 5,7 polegadas em propoção 18:9 e resolução FullHD+ (2160 x 1080 pixels), processador Snapdragon 450, da Qualcomm, e memória RAM de 4 GB. O celular pode chegar acompanhado de variações, como o Moto G6 Play e o Moto G6 Plus.

Fonte: Tech Tudo - https://www.techtudo.com.br/listas/2018/04/galaxy-s9-no-brasil-e-as-melhores-operadoras-de-celular-veja-destaques.ghtml

VÍDEO

Jovem jornalista estreia programa na TV e conta tudo sobre o Atlético de Cajazeiras no Paraibano 2019

PRATICIDADE NA FISCALIZAÇÃO

VÍDEO: TCE-PB inaugura espaço digital público para ideias tecnológicas de controle dos atos públicos

GRUPOS SE ENFRENTAM NA 1ª FASE

VÍDEO: Dirigentes do Sertão comentam sorteio do Paraibano 2019. Atlético enfrentará o ‘grupo da morte’

ASSISTA!

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos