header top bar

section content

VÍDEO: “Quem define a homofobia é a psiquiatria, não é juiz”, diz Malafaia

O pastor é contrário a discussão que se encontra no STF

Por Gospel Prime

16/02/2019 às 15h34 • atualizado em 16/02/2019 às 09h37

O pastor Silas Malafaia criticou a Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO) 26, que começou a ser julgada no Supremo Tribunal Federal esta semana, com o objetivo de equiparar a homofobia com o racismo.

Malafaia diz que o texto “é uma vergonha” e declara que “raça é condição e homossexualidade é comportamento”. “Equiparar é uma vergonha”, completa ele.

Citando a Constituição, o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo explica que o STF não tem poder para legislar e deve guardar a Constituição. Cita ainda o artigo 5º inciso 39 para provar que não compete aos ministros decidir tal assunto.

“Isso é uma vergonha, o STF não deveria aceitar isso, porque envergonha a si mesmo. Essa discussão, fazer leis, pertence ao Legislativo”, continua o pastor.

Falando especificamente sobre a homofobia, o religioso pede para que separem a violência contra homossexuais da liberdade de expressão.

“Existem outras coisas que estão aí dentro, como a ideologia de gênero e crianças mudarem de sexo. Quem define a homofobia é a psiquiatria, não é juiz, delegado federal ou ministério público”, completou.

Fonte: Gospel Prime - https://www.gospelprime.com.br/quem-define-a-homofobia-e-a-psiquiatria-nao-e-juiz-diz-malafaia/

Recomendado para você pelo google

ELITISMO?

VÍDEO: Escolas federais têm segurança, mas as outras são ‘destratadas’, afirma diretor em Cajazeiras

FUTEBOL

VÍDEO: Diário Esportivo fala sobre o Festival de Prêmios do Atlético e do clássico contra o Sousa

MASSACRE DE SUZANO

VÍDEO: Psicóloga fala sobre jogos eletrônicos e ausência da família influenciando tragédias com jovens

O CAMINHO

VÍDEO: Em Pombal, Frei Gilson declara que a Igreja Católica precisa pregar um catolicismo praticante