header top bar

section content

Morre o ex-prefeito de Bom Jesus, médico e radialista Júlio Bandeira

O radialista e médico baiano - radicado em Cajazeiras há décadas -, Júlio Bandeira, morreu na manhã quarta-feira (30), no Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, aos 82 anos.

Por

30/04/2008 às 17h32

O radialista e médico baiano – radicado em Cajazeiras há décadas -, Júlio Bandeira (foto), morreu na manhã quarta-feira (30), no Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa, aos 82 anos. Ele havia sido submetido a uma cirurgia cardíaca, mas não resistiu.

Médico Júlio Bandeira
Formado em Medicina, na Bahia, Júlio Bandeira foi o primeiro prefeito do município de Bom Jesus, no sertão paraibano, onde também exerceu um mandato na Câmara Municipal. Foi idealizador, construtor e fundador do Hospital Regional Infantil da cidade de Cajazeiras.

Além de médico, Bandeira tornou-se um ícone na história do rádio no Sertão da Paraíba. Era polêmico e ativista político. Além de dividir microfone com jornalistas como Nonato Guedes, Zeilton Trajano e Gutemberg Cardoso, em Cajazeiras, ele foi parceiro de Iracles Pires no programa Discoteca Dinamite, na Rádio Alto Piranhas.

O corpo de Júlio Bandeira será velado no memorial São Sebastião em Cajazeiras. A pedido, ele será enterrado na cidade de Bom Jesus.

Da redação do Diário do Sertão com Portal Correio

Tags:
OS CIRENEUS DO CAMINHO

VÍDEO: Programa Mensagem de Esperança reflete sobre imunização espiritual e como lidar com adversários

'MENSAGEM DE FÉ'

VÍDEO: Padre apresenta programa especial na TV sobre a tradicional Festa de Dom Bosco em Cajazeiras

'OPINIÃO DO CIDADÃO'

VÍDEO: Em Cajazeiras, presidente da OAB-PB diz ser contra posse de arma: “Índices de mortes aumentam”

PROPRIEDADES EMBARGADAS

VÍDEO: Impedidos de plantar, agricultores de Cajazeiras acusam IBAMA de excessos na aplicação de multas