header top bar

section content

Ex-prefeito de São João do Rio do Peixe declara que contas reprovadas pelo TCE foi uma ‘falha processual’

“Esse primeiro julgamento não interfere na minha elegibilidade, já que o recurso de reconsideração tem efeito suspensivo sobre o acórdão”, disse ele.

Por Luzia de Sousa

31/03/2016 às 08h38 • atualizado em 31/03/2016 às 10h11

Após a reprovação das contas de 2012 pelo Tribunal de Contas do Estado, o ex-prefeito de São João do Rio do Peixe, José Lavoisier Dantas (PP), explicou que os itens que geraram a reprovação decorrem de documentos que não foram analisados pela auditoria, por falha processual.

Segundo o ex-prefeito, os conselheiros entenderam que pelo fato de poder impetrar Recurso de Reconsideração e resolveram dar prosseguimento ao julgamento mesmo sem a auditoria ter analisado os documentos que sanariam em completo as irregularidades.

“Esse primeiro julgamento não interfere na minha elegibilidade, já que o recurso de reconsideração tem efeito suspensivo sobre o acórdão. Permaneço plenamente elegível”, declarou ele.

Na decisão, o TCE impôs débito de R$ 32,5 mil por gastos insuficientemente comprovados, despesas não licitadas e utilização de recursos financeiros em obras públicas alheias à natureza do Fundeb, de onde provieram.

DIÁRIO DO SERTÃO

RECONHECIMENTO

Prefeito de Sousa garante ajuda mensal ao médico cubano: “Eu irei ajudá-lo em todos os momentos”

"MERECIA MAIS"

VÍDEO: Comentarista critica falta de prestígio de Sousa com o Governo do Estado nas nomeações de cargos

ANTIGO E NOVO

VÍDEO: Secretário e prefeito exibem projeto do novo Museu de Cajazeiras feito por arquiteta cajazeirense

COBRANÇAS INDEVIDAS

VÍDEO: Problemas com empréstimo consignado? Advogado dá orientações para que você não seja negativado