header top bar

section content

Tribunal de Justiça da Paraíba devolve o cargo a prefeito afastado de Uiraúna; Posse ocorre nessa sexta

O prefeito estava afastado do cargo desde dezembro do ano passado, quando o TJPB rejeitou o agravo de instrumento impetrado pelos advogados do prefeito.

Por Luzia de Sousa

01/04/2016 às 08h04 • atualizado em 01/04/2016 às 08h08

Prefeito de Uiraúna, Bosco Fernandes (PSDB)

O Tribunal de Justiça da Paraíba, em decisão monocrática nessa quinta-feira (31), devolveu o cargo de prefeito ao médico Bosco Fernandes (PSDB), afastado há três meses da administração de Uiraúna. O recurso em Ação Cautelar foi concedido pelo Desembargador José Aurélio da Cruz.

O prefeito estava afastado do cargo desde dezembro do ano passado, quando o TJPB rejeitou o agravo de instrumento impetrado pelos advogados do prefeito, com o objetivo de garantir sua permanência no cargo, já que governava sob força de uma liminar conseguida junto ao próprio tribunal.

O prefeito João Bosco Nonato Fernandes foi afastado pela primeira vez do cargo por uma decisão de 1ª instância prolatada pelo juiz Philippe Guimaraes Padilha Vilar, da Comarca da cidade, no dia 5 de maio de 2015, que indicou que houve ato de improbidade administrativa por parte do gestor. No entanto, o gestor conseguiu uma Liminar e acabou voltando ao cargo no dia 18 de maio de 2015.

Os rumos do município estavam nas mãos do vice-prefeito, José Nilson Santiago Segundo e nesta sexta-feira (1º), o presidente da Câmara de Vereadores, Joaquim Marcelino de Lira Neto dará posse a Bosco Fernandes.

DIÁRIO DO SERTÃO

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa