header top bar

section content

CAOS: Advogado da transição revela dívidas graves da Prefeitura de Cajazeiras, falta de documentos e denúncias de ‘desmanche’ nas repartições e ‘depenação’ de carros: “Prefeito diplomado terá uma grande missão” – VEJA!

Suposta situação de descaso, desmando e ilegalidades na prefeitura estaria inviabilizando a conclusão da transição de governo

Por Jocivan Pinheiro

29/12/2016 às 22h41 • atualizado em 29/12/2016 às 22h57

Jone Pereira, presidente da Comissão de Transição do prefeito eleito José Aldemir Meireles

O advogado Jone Pereira, que é presidente da Comissão de Transição do prefeito eleito e já diplomado de Cajazeiras, José Aldemir Meireles (PP), publicou no seu Facebook, na noite desta quinta-feira, uma espécie de nota de esclarecimento em que denuncia uma suposta situação de descaso, desmando e ilegalidades na prefeitura que estaria inviabilizando a conclusão da transição de governo. Entre os problemas revelados pelo advogado estão dívidas em vários órgãos, o não repasse de documentos para a transição, ‘desmanche’ nas repartições e ‘depenação’ de automóveis.

De acordo com a publicação, após auditorias e consultas junto a servidores municipais e órgãos de contabilidade, como o Tribunal de Contas do Estado, foram encontradas várias dívidas acumuladas por falta de repasses a órgãos como a Previdência, por exemplo. O texto do advogado leva a crer que os primeiros momentos da gestão do prefeito eleito José Aldemir serão para tentar organizar as finanças do município e regularizar essas situações.

“Entendemos que a grosso modo a atual situação do município não é confortável, com muitos débitos, inclusive junto à Previdência própria, evidenciados por ausência de repasse da atual gestão, não cumprindo a integralidade de sua obrigação neste item. (…) Fica, pois, evidenciado que o prefeito diplomado José Aldemir terá uma grande missão, de organizar a Prefeitura, cumprindo com as obrigações previstas legalmente”, diz trecho da publicação.

Prefeitura de Cajazeiras

Ainda segundo a ‘nota’, a Comissão de Transição do prefeito eleito teria recebido várias denúncias, inclusive com vídeos e fotos, de que materiais de expediente e móveis estariam sendo retirados das repartições, e até os veículos estariam sendo ‘depenados’. As denúncias apontam também para a prática de doações irregulares desses materiais e objetos. O texto diz que as denúncias estão sendo apuradas e, caso comprovadas, a Comissão adotará medidas judiciais.

“Outro ponto merecedor de destaque diz respeito às denúncias que nos foram encaminhadas durante o período da transição, notadamente em relação à retirada de materiais de expediente de diversos órgãos e setores da administração municipal (depenamento de veículos, retiradas de mobiliário, doações irregulares etc.), todas expostas com vídeos e imagens que oportunamente serão apuradas via abertura de procedimento administrativo e conclusivamente, se comprovadas, serão adotadas as medidas judicias necessárias à punição dos responsáveis.”

Leia a publicação na íntegra

DIÁRIO DO SERTÃO

ABSURDO

VÍDEO: Vereador denuncia redução no tempo de tolerância na Zona Azul de Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Monte Horebe inicia vacinação contra Covid-19 e ACS é a primeira a ser vacinada no município

ATENÇÃO DOBRADA

VÍDEO: Médico fala sobre mutações do Coronavírus e deixa alerta para a população

CULTURA

VÍDEO: Músicos conhecidos nacionalmente falam do sucesso da Bossa Nova e opinam sobre tempo atual

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!