header top bar

section content

Bióloga explica por que o fechamento do IBAMA da cidade de Sousa vai dificultar a vida de agricultores e comerciantes do Sertão – VÍDEO!

Desativação da única unidade do IBAMA do Sertão da Paraíba aconteceu há dois meses

Por Jocivan Pinheiro

06/06/2017 às 15h14 • atualizado em 06/06/2017 às 15h15

A extinção de 11 unidades do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) fez com que a cidade de Sousa tivesse a sua unidade desativada.

Segundo consta no Diário Oficial da União publicado no final do ano passado, em 2017 várias unidades seriam fechadas, entre elas a da cidade de Sousa, mas o processo de desativação da única unidade do IBAMA do Sertão da Paraíba aconteceu mais rápido do que se esperava.

VEJA TAMBÉM: Operação do IBAMA apreende dezenas de aves silvestres próximo à sede do órgão na cidade de Sousa

Portões do IBAMA de Sousa trancados por cadeados (Foto: João Fábio / Sousa-PB)

De acordo com ambientalistas da ‘Cidade Sorriso’, a unidade do IBAMA foi fechada há quase dois meses e todos os atendimentos foram centralizados na capital paraibana João Pessoa.

Antes do fechamento, a unidade do IBAMA de Sousa atendia a todo o Sertão Paraibano, facilitando a vida dos sertanejos. Agora as pessoas que precisarem solicitar os serviços do IBAMA terão que se deslocar até João Pessoa ou acessar o endereço eletrônico do órgão.

Bióloga Maria das Dores é especialista em gestão ambiental

A bióloga Maria das Dores, especialista em gestão ambiental e que faz consultoria na região, lamentou o fechamento do órgão na cidade de Sousa e o fato de os atendimentos ficarem centralizados em João Pessoa, distante quase 500 km dos sertanejos.

“Na verdade foi uma perda do que já era difícil para a população. Essa unidade funcionava na cidade de Sousa, mas infelizmente eles ainda não tinham uma capacidade técnica suficiente para atender à demanda de crimes ambientais que acontecem aqui na nossa região. Com o fechamento da unidade, as fiscalizações vão tornar-se ainda mais difíceis.”

No site do IBAMA (foto acima) ainda é possível encontrar informações públicas sobre a Unidade Avançada de Sousa, como por exemplo endereço, telefone para contato e responsável, como se o órgão ainda funcionasse na cidade.

A bióloga disse ainda que os sertanejos estão sendo prejudicados com o fechamento do órgão na cidade de Sousa porque muitos são podem se deslocar até João Pessoa para resolver pendências e solicitar serviços.

“Com certeza a maior perda é o distanciamento que vai aumentar mais ainda. Muitos serviços do IBAMA são fornecidos através do site, porém há o serviço presencial, como a própria informação. Só que tudo isso sempre foi muito distante da população. A gestão, por si, é centralizada. A gente precisa aproximar da população essas questões.”

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: Ambientalista critica prefeito de Pombal por não resolver problema do lixão na entrada da cidade

CONHEÇA SEUS DIREITOS

VÍDEO: Advogados de Cajazeiras criticam INSS e orientam sobre o que fazer quando um benefício é cortado

FARIA 97 ANOS NESTE MÊS

VÍDEO: Historiador explica por que Padre Gualberto foi o ‘Padre Rolim do século XX’ em Cajazeiras

QUARTO EPISÓDIO

Em homenagem ao Dia das Crianças, programa Coisas de Cajazeiras entrevistou uma turma esperta e antenada