header top bar

section content

AGILIDADE: Cerca de 600 audiências de instrução e julgamento são realizadas na Justiça Federal da cidade de Sousa

"Este empenho visa a agilidade na prestação jurisdicional, pois haverá uma significativa redução do tempo médio de tramitação das demandas"

Por Luzia de Sousa

04/07/2017 às 07h33

Revenda de carro do Sertão

A 15ª Vara Federal realizará até a próxima quinta-feira (6), na Subseção Judiciária de Sousa, no interior do estado da Paraíba, cerca de 600 audiências de instrução e julgamento, todas relativas a processos de natureza previdenciária. “Estão sendo sentenciados processos de aposentadoria por idade, auxílio-doença, pensão por morte e salário maternidade”, declara o juiz federal Thiago Batista do Ataíde, responsável pela ação.

+ Mais de 9 mil processos são reduzidos na Comarca de Sousa em três anos; A média da Comarca é de 93,21% de julgamento.

O mutirão teve início no dia 19/06 e seguiu até 22/06, contando com a atuação dos magistrados João Pereira (1ª Vara Federal), Wanessa Figueiredo (2ª VF) e Fernando Américo (4ª VF). A iniciativa foi retomada nesta segunda-feira (03/07), com a participação dos juízes Bruno Teixeira (2ª VF) e Luiza Dantas (10ª VF). Os magistrados Thiago Ataíde, Marcos Antônio Araújo e Diego Guimarães, lotados em Sousa, estão realizado as audiências desde o início do mutirão. Todos foram designados pela corregedoria do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5).

“Este empenho visa a agilidade na prestação jurisdicional, pois haverá uma significativa redução do tempo médio de tramitação das demandas”, afirmou o juiz Thiago Batista.

DIÁRIO DO SERTÃO com assessoria

SANTO PADROEIRO

VÍDEO: Padre anuncia programação da festa de Dom Bosco em Cajazeiras; festival de música é confirmado

FÓRUM AÇUDE GRANDE

VÍDEO: Grupo entrega documento no MP para fortalecer campanha de revitalização do açude de Cajazeiras

"FICOU DESPREZADA"

VÍDEO: Mulher acusa HRC de negligência no caso da morte de sua irmã após parto; hospital responde

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa