header top bar

section content

Professor universitário explica a polêmica reforma trabalhista em seu comentário no Direto ao Ponto

Dinarte disse que é preciso esclarecer que as alterações que foram feitas nas normas trabalhistas

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

24/07/2017 às 16h25

O professor da UFCG, Campus de Sousa, Dinarte Fernandes, em seu quadro no direto ao ponto desta segunda-feira (24), falou sobre as reformas trabalhistas.

Dinarte disse que é preciso esclarecer que as alterações que foram feitas nas normas trabalhistas, em nenhum momento houve supressão pelas disposições constitucionais de quaisquer diretos trabalhistas: ” O que aconteceu na grande maioria dos dispositivos que foram alterados, na verdade é uma atualização de disposições que foram feitas da década de 40, que precisaria e que ainda precisa avançar para os dias atuais e possibilitar, assegurar o emprego, assegurar o funcionamento das empresas em uma forma geral e possibilitar com isso uma negociação entre a flexibilização do cumprimento e da garantia dessas normas trabalhistas.”

E ainda completou: “Dos 22 dispositivos alterados, todos eles se mantiveram no bojo da garantia do direito constitucional, possibilitando e permitindo a partir de agora uma negociação entre o empregador e o empregado, através dos órgãos sindicais, facilitando assim melhor desenvolver e garantir os direitos trabalhistas.”

DIÁRIO DO SERTÃO

ESTÁ NA CAPITAL DESDE 2015

EXCLUSIVO: Após três anos, lendário padre de Cajazeiras revela o que motivou sua ida para João Pessoa

AMOR E FÉ

ESPECIAL DE FÉRIAS: Crianças e adolescentes de Cajazeiras e Sousa abrilhantam programa na TV Diário

AUXILIAR DO TROVÃO

VÍDEO: Agora no Atlético-PB, ex-jogador do Corinthians está confiante em vaga no Brasileirão da Série D

SAÚDE & BEM-ESTAR

VÍDEO: Médico alerta para consequências do uso excessivo de alguns medicamentos no aparelho digestivo