header top bar

section content

Vereador denuncia que prefeito fechou escolas e postos de saúde na zona rural: “A cidade está um caos”

A reportagem do Diário do Sertão tentou entrar em contato com o gestor do município, porém, ele não atendeu nossas ligações.

Por Campelo Sousa

15/08/2017 às 09h10 • atualizado em 15/08/2017 às 09h25

Júlio César, prefeito da cidade de Aparecida (foto: Charley Garrido)

O vereador João Neto (PCdoB) usou a tribuna da Câmara Municipal de Aparecida para manifestar voto de repúdio e indignação contra o prefeito da cidade, Júlio César (PSD), por ter fechado Postos de Saúde da Família e escolas na zona rural do município.

“Aparecida está em estado de caos. O gestor tirou demitiu vários prestadores de serviços que trabalhavam nas escolas e os postos de saúde que foram fechados. Esperamos que o prefeito se sensibilize com essa situação porque nesses primeiros seis meses de governo ele não fez nada em Aparecida”, disse João Neto.

Em entrevista ao radialista Leonardo Alves do Cidade Notícia, o vereador denunciou o descaso da gestão municipal. Ouça abaixo!


Outro lado

A reportagem do Diário do Sertão tentou entrar em contato com o gestor do município, porém, ele não atendeu nossas ligações.

DIÁRIO DO SERTÃO

FISCALIZAÇÃO

VÍDEO: Deputado mostra documento que comprova desvio de doses da vacina em cidade da região de Sousa

SEGUNDA DOSE

VÍDEO: Secretária de saúde de Ipaumirim explica como será segunda fase da vacinação contra Covid-19

SAÚDE

VÍDEO: Secretário revela que Paraíba aguarda chegada de Vacinas da Oxford e Instituto Butantan

ABSURDO

VÍDEO: Vereador denuncia redução no tempo de tolerância na Zona Azul de Cajazeiras

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!