header top bar

section content

VÍDEO: Juíza avisa que transferência da 42ª Zona não mudou nada na biometria e pede pressa aos eleitores

Devido à antecipação do prazo final, ela alerta aos eleitores que não deixem para fazer o recadastramento de última hora

Por Jocivan Pinheiro

29/08/2017 às 14h22 • atualizado em 29/08/2017 às 14h25

O prazo final para os eleitores realizarem o recadastramento biométrico foi antecipado pela Justiça Eleitoral e isso está preocupando juízes da região, pois em algumas cidades falta muita gente passar pelo processo obrigatório. Antes, o recadastramento ia até o dia 19 de dezembro deste ano. Agora, foi antecipado para o dia 30 de novembro.

A juíza da 42ª Zona Eleitoral de Cajazeiras, Adriana Lins, disse que houve uma redução no número de recadastramentos nesses primeiros meses do segundo semestre, comparado ao primeiro semestre. Devido à antecipação do prazo final, ela alerta aos eleitores que não deixem para fazer o recadastramento de última hora.

“Comecem a ir logo. Não esperem chegar muito próximo, porque vai enfrentar muitas filas, uma espera muito grande que não tem acontecido. Quanto mais rápido forem, mais fácil vão conseguir resolver”, pediu a magistrada.

Ela esclarece que a transferência da 42ª Zona Eleitoral de Cajazeiras para Itaporanga não afetou o processo de recadastramento, que continua sendo feito na Biblioteca Pública Municipal Castro Pinto, em Cajazeiras: “A obrigação continua da mesma forma, até porque a Zona ainda não foi transferida”.

VEJA TAMBÉM: Com medo de perderem benefícios, eleitores procuram recadastramento biométrico em Cajazeiras

Recadastramento biométrico em Cajazeiras está sendo feito na biblioteca pública

O recadastramento é obrigatório. O eleitor que não comparecer até o prazo final terá o título cancelado, o que compromete o recebimento de benefícios dos governos, a validade do CPF, a inscrição em concursos, entre outros prejuízos.

Para fazer o recadastramento biométrico o eleitor deve levar qualquer documento com foto e um comprovante de residência de um dos três meses anteriores. Na biblioteca também está sendo emitido o primeiro título eleitoral para quem nunca votou. Eleitores com menos de 18 anos devem apresentar documento com foto e certidão de nascimento. Acima disso, acrescenta o certificado de alistamento militar. Até agora em Cajazeiras, apenas 53% dos eleitores foram recadastrados.

DIÁRIO DO SERTÃO

ABSURDO

VÍDEO: Vereador denuncia redução no tempo de tolerância na Zona Azul de Cajazeiras

BOA NOTÍCIA

VÍDEO: Monte Horebe inicia vacinação contra Covid-19 e ACS é a primeira a ser vacinada no município

ATENÇÃO DOBRADA

VÍDEO: Médico fala sobre mutações do Coronavírus e deixa alerta para a população

CULTURA

VÍDEO: Músicos conhecidos nacionalmente falam do sucesso da Bossa Nova e opinam sobre tempo atual

Recomendado pelo Google:
error: Alerta: Conteudo Protegido !!