header top bar

section content

VÍDEO: “Para se empregar nas obras de Cajazeiras tem que ter ‘padrinho’ e ser bajulador”, diz colunista

Segundo Olivan Pereira, algumas pessoas não conseguem emprego nos canteiros de obras da cidade porque não são 'apadrinhados' políticos

Por Jocivan Pinheiro

27/02/2018 às 15h06 • atualizado em 27/02/2018 às 15h12

Cajazeiras vive a expectativa do início de uma série de obras importantes. Algumas delas executadas pela Prefeitura, como é o caso da construção de um conjunto habitacional com 300 casas, outras pelo Governo do Estado, a exemplo do complexo de polícia científica.

Obras na cidade é também sinal de trabalho para quem precisa. Em tese. Porque, segundo o colunista Olivan Pereira, algumas pessoas não conseguem emprego nesses canteiros porque não são ‘apadrinhados’ políticos.

Olivan afirma que em Cajazeiras “para poder se empregar nessas obras tem que ter padrinho, um bajulador” e lamenta o que ele chama de “lado vergonhoso das coisas”.

DIÁRIO DO SERTÃO

GOVERNADOR ELEITO

VÍDEO: Em entrevista exclusiva, João Azevêdo agradece Sertão pela vitória e revela planos para a região

ENTREVISTA ESPECIAL

DIA DO MÉDICO: Um dos médicos mais respeitados de Cajazeiras relata fatos marcantes do seu ‘sacerdócio’

RESULTADOS MARCANTES

VÍDEO: Na capital, jornalista cajazeirense avalia vitória de Azevêdo e derrota de Cássio: “Foi um marco”

ACONTECE EM NOVEMBRO

VÍDEO: Secretária da Prefeitura e gerente do Sebrae dão detalhes sobre a feira Expo Negócios Cajazeiras