header top bar

section content

Conselheiro Federal do COFEN apresenta novo código de ética de enfermagem

As mudanças buscam dar mais segurança ao exercício profissional: "Quem vai ganhar é o paciente", disse Ronaldo

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

06/04/2018 às 13h33

O conselheiro Federal do Cofen, Dr Ronaldo Beserra (Foto: Diário do Sertão)

O Conselheiro Federal do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), Ronaldo Beserra apresenta aos profissionais de enfermagem civis e militares o novo código de ética.

Entrou em vigor hoje (06), a Resolução Cofen 564/2017, que aprova o novo Código de Ética da Enfermagem brasileira. O documento, publicado em dezembro no Diário Oficial da União, é resultado de amplo e democrático debate e concilia a defesa da sociedade com a proteção ao bom profissional, trazendo avanços, sobretudo nos casos de violência doméstica.

As mudanças buscam dar mais segurança ao exercício profissional: “Quem vai ganhar é o paciente que vai estar sendo assistido por profissionais humanizados”, disse o conselheiro Federal, Ronaldo Beserra.

A nova norma traz uma linguagem mais clara e objetiva, como por exemplo, o artigo que trata da suspensão das atividades quando o local de trabalho não oferecer condições seguras para o exercício profissional, devendo o profissional formalizar imediatamente sua decisão por escrito ou por meio eletrônico à instituição e ao Conselho Regional de Enfermagem. Neste caso, o código mudou o texto “instituição pública ou privada”, pela palavra “local de trabalho”, corroborando com o direito trabalhista.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do COFEN

Tags:
ESPECULAÇÃO DE ADESÃO

VÍDEO: Dra. Paula faz ‘afago’ em Azevêdo e diz que ele não fará ‘oposição raivosa como a de Cajazeiras’

DIÁRIO ESPORTIVO

VÍDEO: Na TV, dirigentes do Atlético de Cajazeiras explicam contratações fechadas e outras que ‘melaram’

NOVAS CRÍTICAS

VÍDEO: Para líder católico de Cajazeiras, o Nordeste será “um recanto esquecido” por Bolsonaro

CLIMA DE EMOÇÃO

VÍDEO: Amigos e familiares destacam o legado de Dr. Toinho durante velório do advogado em Cajazeiras