header top bar

section content

Fim das rachaduras: R$ 22 milhões serão investidos em reforma do açude Boqueirão em Cajazeiras. OUÇA!

"Esses problemas não colocam em risco o açude. Com essa reforma, esses problemas citados e outros serão corrigidos", disse Alberto.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

20/04/2018 às 08h32

Açude de Boqueirão

Os problemas de rachaduras na parede do açude de Engenheiro Ávidos como rachaduras na parede e na comporta devem ser resolvidos, foi o que garantiu o Coordenador do DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas), Alberto Gomes Batista.

O Coordenador do DNOCS, afirmou que serão investidos R$ 22 milhões na reforma do manancial. A ordem de serviço será dada nos próximos 45 dias e a obra de recuperação de Boqueirão deve durar aproximadamente 12 meses.

“Esses problemas não colocam em risco o açude, pois, não são de efeito estrutural. Com essa reforma, esses problemas citados e outros serão corrigidos”, disse Alberto.

Ouça a entrevista com o coordenador do DNOCS:

Volume atual
O açude Engenheiro Ávidos (Boqueirão) em Cajazeiras, que está com apenas 24,25% do volume total. Ele tem capacidade para 255 milhões de m³, mas está com pouco mais de 61.834.560m³.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

QUE VENHA!

VÍDEO! Profeta da chuva revela a previsão para o inverno no Sertão da Paraíba: “Serão 9 meses de chuva”

POLÊMICA

VÍDEO: Vereador cobra a convocação do concurso de Cajazeiras: ‘Era de urgência e o prefeito não convoca’

VÍDEO

Deputado cajazeirense abre o jogo e revela com quem fica após o racha no PSB da Paraíba

EDUCAÇÃO

VÍDEO: Xeque Mate fala sobre tradicional colégio de Cajazeiras e recebe diretora, professoras e alunas