header top bar

section content

Caso da injeção errada: família formaliza denuncia na Ouvidoria de Hospital em Sousa; tia faz desabafo

Alessandra Lira também quer apuração seja ampliada tanto para a enfermeira quanto para o médico de plantão.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

27/04/2018 às 10h48 • atualizado em 27/04/2018 às 10h59

Pelo menos quatro membros da família da criança de nove meses transferida para João Pessoa após indícios de erro médico na ala infantil do Hospital Regional de Sousa semana passada devido a uma injeção supostamente aplicada de forma errada por uma enfermeira, estiveram nesta quinta-feira (26) na Ouvidoria do hospital para formalizar uma denúncia para que sejam apuradas as responsabilidades dos profissionais que atenderam a paciente.

Alessandra Lira da Silva, tia da pequena Maria Alice contou que ao pedir documentos notou dificuldade para a entrega de um prontuário. “Eu não sei qual o mistério, mas entregaram”. Afirmou. Ela também estranhou que medicação para vômito tenha sido aplicada no músculo da parte inferior.

Veja também: Pai denuncia hospital após bebê tomar medicação errada

Alessandra Lira também quer apuração seja ampliada tanto para a enfermeira quanto para o médico de plantão.

Sofrimento
A criança está internada na UTI da Policlíncia AMIP e terá de passar pela avaliação de um cirurgião, pois segundo a tia, o edema apresenta sinais de infecção a ponto de expor o músculo.

Justiça
Para Alessandra Lira é preciso que se faça justiça e para isso pretende acionar o Ministério Público. “É um sentimento de revolta e indignação e ao mesmo tempo de fazer justiça”. Finalizou.

Nota
A coordenação de enfermagem do Hospital Materno Infantil da cidade de Sousa, divulgou nota à imprensa para esclarecer as denúncias feitas pelos pais de um bebê de noves meses contra uma profissional de enfermagem do Hospital Materno Infantil que cuidava do bebê e teria errado na aplicação da injeção. Veja a nota AQUI

DIÁRIO DO SERTÃO com Cidade Notícia

MUITO ESTRAGO

VÍDEOS: Chuva com vendaval causa destruição de prédios em Cajazeiras e Sousa e assusta moradores

DE 22 A 27 DE JANEIRO

VÍDEO: Teatro Ica completa 34 anos em Cajazeiras com extensa e diversificada programação cultural

DE 2017 PARA ESTE ANO

VÍDEO: São José de Piranhas tem aumento alarmante de homicídios em 2018; confira balanço da PM na região

VIXE!

VÍDEO: Vidente detalha futuro da imprensa de Cajazeiras e prevê mortes: “Não chega às festas juninas”