header top bar

section content

VÍDEO: Professor e presidente da Câmara de Cajazeiras batem boca durante reunião sobre dívida no IPAM

Professor Francisco Das Neves reclamou da decisão do Poder Legislativo de autorizar o Município a parcelar mais uma vez a dívida que tem junto ao órgão

Por Jocivan Pinheiro

10/07/2018 às 22h34 • atualizado em 10/07/2018 às 22h38

Durante uma audiência pública na Câmara Municipal de Cajazeiras, nesta terça-feira (10), para debater o velho problema do rombo financeiro no Instituto de Previdência e Assistência Social de Cajazeiras (IPAM), o presidente da Câmara, Marcos Barros, e o professor municipal Francisco das Neves bateram boca.

Professor Das Neves, como é mais conhecido, reclamou da decisão da Câmara de autorizar o Município a parcelar mais uma vez a dívida que tem junto ao órgão. Para Das Neves, o parcelamento atrapalhou ainda mais a vida dos servidores públicos.

“Foi tão grande o mal contra nós, a quem já é servidor aposentado, quem quer se aposentar, que mesmo que vocês quisessem a partir de agora reverter essa situação, eu ainda acho que é difícil”, disse o professor.

Marcos Barros reagiu afirmando que o Legislativo não tem poder para obrigar os prefeitos a pagarem a dívida. “O problema é que Das Neves quer transferir a responsabilidade do Executivo para o Legislativo”, respondeu o vereador.

“Você tem quem condenar o gestor que era para pagar e não pagou. Eu sou gestor há 14 anos nessa casa. Veja quantos meses eu deixei de pagar o IPAM”, completou.

VEJA TAMBÉMEm sessão especial pública, Câmara de Cajazeiras e diretoria do IPAM esclarecem informações sobre problemas financeiros do órgão

Marcos Barros e professor das Neves bateram boca durante reunião na Câmara

Rombo

O IPAM é o órgão municipal responsável por pagar aposentadorias, pensões e outros benefícios do gênero. No entanto, sofre com um rombo financeiro deixado por várias gestões municipais que não repassaram verbas ao instituto.

De acordo com dados apresentados pela diretora financeira de entidade em junho do ano passado, o montante de verbas não repassado ao órgão nas últimas décadas ultrapassa os 70 milhões de reais.

DIÁRIO DO SERTÃO

VÍDEO: Psicologia no Ar recebe diretores e psicóloga de organização que promove cidadania em Cajazeiras

NOVIDADES

Xeque-Mate visita lançamento do novo plano da Eletrosorte, que firmou parceria com gigante dos seguros

FUTEBOL DE CAJAZEIRAS

VÍDEO: Dirigentes e ex-jogadores relembram histórias marcantes do Duque de Caxias, que completou 50 anos

VÍDEO: Programa de rádio que é sucesso na região de Campina fecha parceria com emissora de Cajazeiras