header top bar

section content

Historiador diz não ‘concordar’ com mudança na data comemorativa de emancipação política de Cajazeiras

Nesta data houve a emancipação da povoação que era ligada a cidade de Sousa. O município foi instaurado no ano seguinte.

Por Luzia de Sousa

16/08/2018 às 17h16 • atualizado em 16/08/2018 às 18h25

O professor e historiador Chagas Amaro, explicou em entrevista à TV Diário do Sertão nesta quinta-feira (16), que o 22 de agosto é uma data comemorativa ao nascimento do Padre Rolim, grande impulsionador de Cajazeiras no século XIX, pois, a data de emancipação política da cidade ocorreu em 23 de novembro de 1863.

O professor relembrou que os fundadores da cidade foram os pais do Padre Rolim, Vital de Sousa Rolim e Ana Francisca de Albuquerque (Mãe Aninha).

Nesta data houve a emancipação da povoação que era ligada a cidade de Sousa. O município foi instaurado no ano seguinte.
Segundo Chagas, somente 13 anos depois, a Vila Cajazeiras foi transformada em cidade, no dia 10 de junho de 1876.

Ele explicou que há 70 anos, em 1948, o e então vereador Geminiano de Sousa entrou com um projeto de lei na Câmara Municipal para que a data fosse comemorada no aniversário do “maior dos cajazeirenses”.

Chagas disse não ser satisfeito com a mudança na data comemorativa, pois Cajazeiras poderia lembrar sempre do Padre Rolim, sem prejuízo da história da cidade.

DIÁRIO DO SERTÃO

NO RIO GRANDE DO NORTE

EXCLUSIVO: Irmão da vítima fatal mais jovem do coronavírus no Brasil relata últimos momentos do jovem

UM ESTÁ INTERNADO NO HRC

VÍDEO: Triunfo monitora 5 casos suspeitos de Covid-19, e secretária de Saúde destaca ações preventivas

AMENIZAR SOFRIMENTO

Prefeitura de Monte Horebe anuncia distribuição de novecentas cestas básicas para famílias carentes

PARA EVITAR INFECÇÃO

VÍDEO: UPA de Sousa ‘foi dividida em dois setores’ para atender casos de coronavírus, afirma diretor

Recomendado pelo Google:
Conteúdo Protegido!