header top bar

string(13) "diario-sertao"

section content

Jornalista nega que tenha denunciado suposto caso de extorsão de vereadores contra o prefeito de Patos

Ulisses Neto explica que o que aconteceu foi o vazamento “de maneira irresponsável e fora do contexto” de trechos de uma conversa entre ele e um empresário

Por Jocivan Pinheiro

21/10/2018 às 10h02 • atualizado em 21/10/2018 às 10h11

Ulisses Neto, presidente da Associação de Imprensa do Sertão Paraibano (AISP)

O presidente da Associação de Imprensa do Sertão Paraibano (AISP), jornalista Ulisses Neto, da cidade de Patos, emitiu nota de esclarecimento em resposta a uma matéria publicada pelo portal de notícias PB Agora, de João Pessoa, e compartilhada por outros sites do estado, inclusive pelo Diário do Sertão.

A matéria relata que Ulisses teria denunciado alguns vereadores do município de Patos por extorsão contra o prefeito interino Bonifácio Rocha (PPS) para receberem mais dinheiro além de seus salários.

VEJAPresidente da Associação de Imprensa do Sertão Paraibano afirma que vereadores querem extorquir prefeito de Patos

Na nota de esclarecimento, Ulisses nega ter feito denúncia e explica que o que aconteceu foi o vazamento e divulgação “de maneira irresponsável e fora do contexto” de trechos de uma conversa entre ele e um empresário da cidade. “Por ser algo entre duas pessoas civis, não representa a opinião da Associação de Imprensa do Sertão Paraibano (AISP)”, diz o jornalista.

Ulisses explica ainda que ele e o referido empresário estavam apenas conversando sobre um boato de que os vereadores estariam tentando extorquir o prefeito interino e que o empresário estaria articulando com a Câmara Municipal de Patos troca de cargos e secretarias “no intuito de tentar controlar a situação”.

Também na nota, o jornalista lamenta o vazamento da conversa e “a forma irresponsável e má intencionada” pela qual alguns trechos foram expostos.

Leia a nota completa

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Venho a público esclarecer que os trechos de uma conversa privada entre minha pessoa e o empresário Adolpho Crispim foi exposta de maneira irresponsável e fora do contexto, e por ser algo entre duas pessoas civis, não representa a opinião da Associação de Imprensa do Sertão Paraibano (AISP).

Com pouco mais de um mês que o vice-prefeito Bonifácio Rocha assumiu de forma interina a gestão municipal e circulava na cidade de Patos uma conversa de que alguns vereadores estariam tentando extorquir o novo gestor, e que o empresário e Presidente do Partido Popular Socialista (PPS), Adolpho Crispim, estaria articulando com a Câmara troca de cargos e até mesmo secretarias na gestão, no intuito de tentar controlar a situação.

Então, comentando sobre essa situação em uma conversa de WhatsApp com o mesmo, deixei claro que se diante do que circulava nos bastidores da política EXISTISSE algum vereador mal intencionado, a gestão não deveria ceder a chantagens e nem muito menos fazer barganha, mas sim buscar uma coalizão entre os respectivos poderes Legislativo e Executivo para tentar retirar o município da situação delicada a qual está enfrentando no momento. Também afirmei que disseminar esse boato de que poderia haver um possível golpe parlamentar não seria salutar, pois só geraria mais instabilidade para a gestão, inclusive o mesmo concordou comigo.

Restabelecida a verdade, reitero meu respeito ao Legislativo patoense e lamento a forma irresponsável e má intencionada pela qual foram expostos TRECHOS da conversa informal entre duas pessoas que a princípio apenas discutia sobre o bem de Patos e do povo patoense, e a denúncia não tem nada de formal, haja vista comentar o que circulava nos bastidores da política Patoense.

20/10/2018

Att.
Ulisses Leandro C. Neto

DIÁRIO DO SERTÃO

BLACK FIADO

VÍDEO: Conheça a versão mais popular da Black Friday que agita o comércio de Cajazeiras durante 30 dias

DESTAQUES DA SEMANA

VÍDEO: Repercussão da entrevista de José Aldemir encabeça as polêmicas do Direto ao Ponto desta terça

PROGRAMA DE MÚSICA

VÍDEO: Confira as novidades que vêm aí na nova temporada do Acústico Diário com cantor cajazeirense

VÍDEO

Secretário responde a sindicato e diz que acusações contra prefeito de Cajazeiras podem parar na Justiça