header top bar

section content

Lista com nomes de sousenses e empresas são ‘ameaçados’ por grupo de WhatsApp ligado a partido Político

Os prints salvos dessas mensagens foram entregues nesta segunda-feira (22) para a Polícia Civil da cidade, que fará a investigação sobre o caso.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

23/10/2018 às 10h55

A suposta lista divulgada em grupos de Whatsapp já estão em posse da Polícia, que investigará o caso

Uma vasta lista com nome de sousenses, policiais, membros da imprensa e empresas da cidade, está rolando em alguns grupos de Whatsapp supostamente ligados a adeptos do candidato a presidência do PT, Fernando Haddad.

Na lista intitulada como: “Lista das Empresas e algumas pessoas de Sousa que não votam no PT”, foram compartilhadas no referido grupo da rede social, onde os participantes estariam sugerindo ‘ameaçar’ ou até mesmo retaliar esses nomes contidos na lista, que são eleitores do candidato da oposição, Jair Bolsonaro (PSL).

Frases como: “não compre nestas Empresas”, e “Precisamos fazer alguma retaliação, quem sabe até quebrar algumas vidraças destes playboys safados, filhinhos de papai que não respeitam a democracia, o nosso partido é soberano, será que eles não entendem isso. #forcaptsousa”, foram escritas nesse suposto grupo.

Os prints salvos dessas mensagens foram entregues nesta segunda-feira (22) para a Polícia Civil da cidade, que fará a investigação sobre o caso.

O OUTRO LADO

O sousense Francisco Valdomiro Gomes, mais conhecido como “Chiquinho do PT”, se pronunciou na Rádio 104 FM, e afirmou que essas ameaças não partiram dos membros do PT.

Chiquinho ainda disse que o partido dos trabalhadores é democrático e respeita a escolha e pretensão política de todos, e que tudo isso se tratava de ‘Fake News’. Ele ainda pediu que as autoridades responsáveis investiguem com rigor o caso, e puna os envolvidos.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

VÍDEO

Efraim Filho revela motivos que poderão levar deputado ligado a Sousa sair do DEM; “Terá que sair”

MORTO A TIROS

VÍDEO: Delegado revela detalhes do crime que resultou na morte de jovem no Sertão da Paraíba

VISITA DO PRESIDENTE

VÍDEO: Prefeito de Campina Grande solicita a Bolsonaro duplicação da BR-230 de Campina ao sertão da PB

DESTAQUE NACIONAL

VÍDEO: Juizado Especial Misto de Cajazeiras atinge um dos melhores índices de atendimento do Brasil