header top bar

section content

Secretaria realiza evento e distribui exames na prevenção do câncer de próstata em Bernardino Batista

O prefeito Gervazio Gomes, que esteve presente ao evento falou da alegria em o município ser uma referência em atenção especial aos mecanismos de saúde e prevenção.

Por Assessoria

12/11/2018 às 07h32

Bernardino Batista realiza evento e conscientiza homens a cuidar da saúde

Após o mês de outubro ser marcado pela campanha de mobilização para prevenção do câncer de mama, conhecida como Outubro Rosa, agora é a vez dos homens. O mês de novembro é internacionalmente dedicado às ações relacionadas ao câncer de próstata e à saúde do homem.

Em Bernardino Batista a abertura dos trabalhos foi realizado nesta sexta-feira, 09, com uma palestra desmistificadora de orientações sobre o tema e diversas duvidas foram sanadas pelo bioquímico Dr Luciano Nobrega, professor do curso de medicina da UFCG. Os ACS’s estiveram presentes e foram imprescindíveis para o sucesso do evento devido os trabalhos para o envio de homens ao evento que é realizado há 04 anos consecutivos.

O prefeito Gervazio Gomes, que esteve presente ao evento falou da alegria em o município ser uma referência em atenção especial aos mecanismos de saúde e prevenção, exaltou a necessidade de sempre colocar em pratica as campanhas educativas de saúde e das parcerias celebradas pela gestão contemplando a pasta e, anunciou a distribuição de 500 exames de PSA livre e total para os homens acima de 45 anos.

De acordo com a secretária de Saúde, Francierme Melo, a mobilização deu resultado e isso garante a prevenção da doença. “A gente fica feliz quando promove uma ação e é correspondido. Esta campanha é um exemplo disso e superou nossas expectativas. Os homens sabem da importância dos exames e marcaram presença aqui desde o primeiro evento há 04 anos”, relata. “Isso é resultado do trabalho de conscientização que nossa equipe faz e também do trabalho de divulgação feito pelas Agentes Comunitárias de Saúde, que vão de casa em casa levando as informações”.

Secretaria realiza evento e distribui exames na prevenção do câncer de próstata

O mês foi escolhido pois se relembra o dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. O câncer de próstata é o sexto tipo mais comum no mundo e o de maior incidência nos homens. As taxas da manifestação da doença são cerca de seis vezes maiores nos países desenvolvidos. Cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem em homens com mais de 65 anos. Quando diagnosticado e tratado no início, tem os riscos de mortalidade reduzidos. No Brasil, é a quarta causa de morte por câncer e corresponde a 6% do total de óbitos por este grupo.

Exames
O toque retal é o teste mais utilizado e eficaz quando aliado ao exame de sangue PSA (antígeno prostático específico, na sigla em inglês), que pode identificar o aumento de uma proteína produzida pela próstata, o que seria um indício da doença. Para um diagnóstico final, é necessário analisar parte do tecido da glândula, obtida pela biópsia da próstata. A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que todos os homens com 45 anos de idade ou mais façam um exame de próstata anualmente, o que compreende o toque retal feito e o PSA. Segundo especialistas, o toque retal é considerado indispensável e não pode ser substituído pelo exame de sangue ou por qualquer outro exame, como o ultrassom, por exemplo.

Secretaria realiza evento e distribui exames na prevenção do câncer de próstata

Tratamento
Caso a doença seja comprovada, o médico pode indicar radioterapia, cirurgia ou até tratamento hormonal. Para doença metastática (quando o tumor original já se espalhou para outras partes do corpo), o tratamento escolhido é a terapia hormonal. A escolha do tratamento mais adequado deve ser individualizada e definida após médico e paciente discutirem os riscos e benefícios de cada um.

Secretaria realiza evento e distribui exames na prevenção do câncer de próstata

Rede pública
Pesquisa mostra que homens sedentários são mais propensos a sofrer de impotência sexual A Política Nacional de Atenção Oncológica garante o atendimento integral a todos aqueles diagnosticados com câncer, por meio das Unidades de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) e dos Centros de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (Cacon). Todos os estados brasileiros têm pelo menos um hospital habilitado em oncologia, onde o paciente de câncer encontrará desde um exame até cirurgias mais complexas. Mas para ser atendido nessas unidades e centros é necessário ter um diagnóstico já confirmado de câncer por laudo de biópsia ou punção.

VÍDEO

Músico dá show no Acústico Diário e anuncia novo CD de trabalho; ele contou sobre o início da carreira

57 ANOS

VÍDEO: Prefeito prepara obras para serem entregues no dia da cidade em Santa Helena e convida população

MAIS UMA ESPECIALIDADE

VÍDEO: Clínica de Cajazeiras conta agora com médico especialista em doenças do intestino, reto e ânus

EPISÓDIO 14

VÍDEO: Coisas de Cajazeiras mostra trajetória do ex-prefeito Chico Rolim e fala de segurança no trabalho