header top bar

section content

Meteorologista afirma que semiárido do Nordeste terá temperaturas acima da média nos próximos 6 meses

Para o estudioso o principal responsável pelo calor acima do normal a ser observado no semiárido nos próximos meses, será o fenômeno climático e oceânico El Niño.

Por Campelo - Diário do Sertão em Sousa

13/11/2018 às 09h01

Temperaturas continuarão acima da média no Nordeste

As temperaturas continuarão acima da média, é o que diz o físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira.

O semiárido do Nordeste deverá ter temperaturas acima da média nos próximos 06 meses.

A afirmação se refere aos meses de novembro, dezembro, janeiro, fevereiro, março e abril.

Para o estudioso o principal responsável pelo calor acima do normal a ser observado no semiárido nos próximos meses, será o fenômeno climático e oceânico El Niño.

O mesmo deve se configurar entre os meses de dezembro e janeiro na região central do Oceano Pacífico Equatorial, no entanto, alguns sinais de sua formação já são visíveis, e um deles é a nebulosidade abaixo do normal nesse final de ano em grande parte do interior do Nordeste.

O estudioso Rodrigo Cézar Limeira diz que o fato do Oceano Pacífico Central se apresentar mais quente que o normal, favorece que um dos ramos descendentes da célula de Circulação de Walker fique sobre o norte do Nordeste, isso contribui para a atuação de uma alta pressão persistente na região, inibindo a convecção e consequentemente a formação de nuvens durante dias seguidos.

DIÁRIO DO SERTÃO

Recomendado para você pelo google

CRÍTICAS A IMÓVEL ALUGADO

VÍDEO: Interdição de escola gera embate entre professores e gerente de Educação na cidade de Cajazeiras

ACIDENTE DE MOTO

EXCLUSIVO: Do hospital, Paulo Feitoza revela que quase ficou paraplégico e diz que está vivo por milagre

NA TV

VÍDEO: Casal de idosos volta a fazer apelo para reformar casa que corre risco de desabar em Cajazeiras

ZÉ LIANÇA

VÍDEO: Carnavalesco que fundou primeira escola de samba de Cajazeiras será homenageado na Praça do Frevo